Stock Car – Mais comentários de domingo – Santa Cruz do Sul 2014

domingo, 28 de setembro de 2014 às 14:39

Felipe Fraga

Marcos Gomes, 4º/7º colocado: Foi um fim de semana bem positivo, diminuímos a vantagem para apenas 29 pontos do líder e voltamos a brigar pelo título da categoria.

Felipe Fraga, 5º/5º colocado: Fiquei muito contente em voltarmos a ter um final de semana competitivo, com top-5 nas duas corridas. Desde o primeiro dia de treinos, na sexta-feira, vimos que nosso carro estava de volta ao patamar de antes, quando ganhamos corrida em Interlagos, Goiânia e fizemos a pole em Brasília. Conseguimos uma vaga no Q2 e, largando na nona colocação, dava para fazer uma estratégia de pit stop mais ousada e que acabou dando certo, com os dois quinto lugares mostraram. A equipe Vogel está de parabéns pelo trabalho feito hoje e pela recuperação de nossa competitividade. Ainda dá para melhorarmos para as próximas etapas e esperamos conquistar mais pódios e vitórias.

Lucas Foresti, 11º/10º colocado: Este fim de semana aqui em Santa Cruz foi, realmente, de muito crescimento. Tanto eu como a equipe trabalhamos muito na melhora de todo o equipamento. Começamos os treinos com problemas de freios e fomos evoluindo o acerto até a manhã de hoje. Fizemos um carro conservador para terminarmos bem as duas corridas e a estratégia deu certo. Por uma posição na primeira corrida poderíamos largar da pole na segunda prova e, pelas condições da corrida, certamente eu poderia ter terminado no pódio. Foi o meu melhor fim de semana do ano e quero dedicar este resultado ao Victor, meu pai, que fez aniversário na última sexta-feira. Agradeço muito aos meus patrocinadores e ao empenho, dedicação e confiança da equipe. Vamos com ânimo renovado para as últimas três etapas do ano.

Gabriel Casagrande, 14º/não terminou: Tive um problema no pit stop, mas se não fosse isso daria para chegar entre os 10 primeiros. Mesmo assim ficamos no lucro com o 14º lugar depois de largar nas últimas posições. Já na segunda corrida o Átila (Abreu) bateu no meu carro, fui parar na barreira de pneus e não tive muito o que fazer.

Diego Nunes, 16º/não terminou: Tínhamos uma estratégia para uma prova longa. Então não conseguimos avançar muito na primeira prova, mas tínhamos condições de emplacar um grande resultado na corrida dois.

Valdeno Brito, 17º/23º colocado: Foi uma situação muito complicada, a começar pela largada, em que fiquei bem cauteloso por dentro e recebi toques de diversos pilotos. Sobre o pit stop, de fato precisamos rever esta janela de parada pois do jeito que está fica perigoso para quem está trabalhando nos carros, pois os mecânicos estão querendo fazer o trabalho o mais rápido possível e o espaço é muito reduzido.

Bia Figueiredo, 21ª/18ª colocada: Nossas provas foram super tumultuadas. Na primeira prova me envolvi em confusão na largada e caímos um pouco, mas fomos nos recuperando, porém com os dois Safety Cars a janela parada foi curta e cheia de confusões. Voltamos ainda pior dos pits pois não consegui parar na minha garagem, então decidimos abortar a primeira corrida por isso parei novamente para trocar os pneus e abastecer. Nada disso adiantou pois a segunda prova foi cheia de safety cars e quem deveria parar para abastecer não precisou. Nosso ritmo estava ok, mas realmente nossas decisões foram todas errôneas e relevantes para o nosso resultado final.

Ricardo Zonta, 23º/16º colocado: Foram duas corridas bem tumultuadas e difíceis. Temos que levantar a cabeça e trabalhar para a Tarumã.

Sergio Jimenez, não terminou/13º colocado: Infelizmente situações com a de hoje na largada fogem do nosso controle. Infelizmente há alguns pilotos que querem ganhar tudo na primeira curva e acabam pondo tudo a perder. Larguei bem, freei e simplesmente me empurraram e, mesmo com o pé no freio, tive os dois radiadores dianteiros quebrados tamanho o impacto. Veio até gente pela grama me acertando do lado. Nosso final de semana foi prejudicado, mas, por sorte, os outros concorrentes também tiveram problemas e conseguimos até diminuir a diferença para o líder. Agora é focar nas próximas três etapas para seguir sempre na luta pelo título.

Denis Navarro, não terminou: Larguei na 29a colocação e fiz uma boa largada, já dentro do top-20. Infelizmente recebi um toque bem na minha lateral e, com a pancada, tive avarias tão sérias que sequer era possível trazer o carro para o box. É uma situação complicada, e bem frustrante para mim e para o time, mas temos que levantar a cabeça e buscar a reação em Tarumã, onde costumo andar rápido e nossa equipe esteve bem em 2013.

Popó Bueno, não terminou: Eu e o Valdeno (Brito) largamos próximos, um atrás do outro, e também levei diversas batidas. Acredito que o procedimento de largada deveria ter sido diferente, mas ainda pior foi a confusão no pit stop envolvendo não apenas nossa equipe, mas diversos pilotos de outros times. Depois das batidas que sofri na largada, o carro estava com equilíbrio bem comprometido e tudo o que pude fazer era tentar somar o máximo de pontos, mas o toque que recebi no box acabou com qualquer chance de recuperação.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.