Stock Car – Comentários de sábado – Velo Città 2019

Gabriel Casagrande

Gabriel Casagrande, P2: Foi uma classificação muito boa para mim, faltou muito pouco para vir mais uma pole. Apesar disso, estou feliz porque sabemos do nível da categoria e o grau de dedicação que todo mundo coloca nisso. Então, estar na primeira fila atrás de um cara como o Thiago (Camilo) não é demérito nenhum e amanhã vamos para cima. Tentaremos fazer duas corridas muito boas e o objetivo principal é sair daqui com o maior número de pontos para repetirmos o que fizemos em Cascavel. Precisamos de um misto de estratégias, pois pensando no campeonato é melhor você fazer bem as duas corridas. Mas pensando em conquistar uma vitória a dedicação tem que ser totalmente para primeira corrida. Vamos estudar bem a estratégia para seguirmos no topo nessa parte final do campeonato e acredito que temos boas chances de lutar pelo primeiro lugar.

Felipe Fraga, P3: Foi um resultado muito positivo para mim aqui hoje no classificatório. Vou largar na frente do Daniel (Serra) e do Ricardinho (Maurício), que lideram o campeonato, então o meu principal objetivo será descontar pontos para eles no campeonato. Apenas o Thiago (Camilo), dos pilotos que estão na minha frente na tabela, vai largar na minha frente. Então vamos para cima amanhã e estou feliz pela posição de largada, principalmente por causa das dificuldades no classificatório.

Julio Campos, P5: Voltamos a figurar no Q3 (grupo dos seis mais rápidos) depois de três finais de semana fora devido a problemas técnicos. Está sendo um bom ano e esse é nosso lugar, entre os líderes. O objetivo é diminuir a diferença de pontos e chegar à final com chance de título. Durante o classificatório o tempo foi mudando, estávamos com acerto para tempo nublado, mas o sol foi aparecendo, então já sabemos que temos carro bom para as duas condições.

Átila Abreu, P7: Foi um treino que eu não esperava passar para o Q3. Óbvio que passou muito perto, mas estou um pouco no lucro diante do problema que eu enfrentei no Q1. A marcha enroscava, não descia, cruzei a linha de chegada na volta em segunda, limitando, não conseguia mais subir marcha. Tinha dado problema na abertura de volta, ressetei, no último trecho piorou. Então, só de conseguir fazer o Q2 e não ter falhado, e de largar em sétimo é algo bom. Melhor posição de largada no ano, gostaríamos de estar no Q3, até pelo desempenho dos treinos. Outra coisa que pegou bastante foi que o sol apareceu, e a pista estava muito fria de manhã, com garoa. Nosso carro ficou traseiro, tínhamos um problema de frente, trabalhamos para corrigir isso e esquentou, aí o carro ficou traseiro. O tempo abriu bem na hora da classificação, e não podíamos mais mexer no carro. Se tivéssemos deixado o carro do jeito que estava no treino, teríamos passado ao Q3. Faz parte, é igual para todos, obviamente buscamos algo que acabou não funcionando, mas a posição de largada é boa pensando na corrida, em bons pontos, em brigar pelo pódio. Vamos trabalhar para resolver esse problema para a corrida e brigar por mais uma vitória.

Cacá Bueno, P9: O carro se comportou muito bem no treino da manhã. Os pilotos do grupo 2 sentiram um p.ouco de fazer um treino a menos com pista seca por conta da chuva no segundo treino livre. Acredito que fiz uma volta a mais no Q1 e a pista estava muito quente, então no Q2 acabou faltando esse 0s2 que para estar no Q3. Acho que poderia estar entre os seis primeiros do grid, assim como foi em Campo Grande e Cascavel, mas temos carro para buscar um pódio amanhã e tentar fazer duas boas corridas para continuar somando pontos importantes no campeonato.

Rubens Barrichello, P10: Foi um dia bem corrido pra todo mundo. Sábado com treino e classificação. Eu, particularmente, não acho ruim ter um dia intenso assim. Apesar de que se começasse na quarta, seria melhor ainda para ter mais tempo acelerando o carro. Ainda não temos a velocidade dos líderes na classificação, mas cabe a nós dar uma melhorada no carro para fazer bastante pontos amanhã. São duas corridas, tem muita estratégia em jogo e sigo confiante.

Ricardo Zonta, P11: O Q1 foi muito bom, ficamos em quarto, a um décimo e meio do primeiro lugar, sabendo que tínhamos potencial. O carro estava muito neutro no Q1, até não arrisquei nada, e o carro aceitou tudo o que fiz. Estava bem otimista para o Q2. É claro que a temperatura subiu dez graus entre o Q1 e o Q2, isso só pode ter interferido na minha performance porque o último trecho foi onde comecei a perder aderência nas rodas traseiras e não consegui fechar a volta para ficar entre os seis primeiros, acabei finalizando em 11º. É uma pena, queríamos muito largar entre os seis primeiros aqui, uma pista difícil de fazer ultrapassagens. Sabemos que a estratégia é muito importante e vamos analisar melhor o que foi esse meu problema. Sei que essa temperatura de dez graus interfere bastante na temperatura dos pneus, na aderência, mas parecia que tinha óleo nos pneus traseiros. Vamos ver se não tem nada quebradinho que está vazando óleo antes de mudar qualquer setup, qualquer balanço do carro para amanhã.

Marcel Coletta, P14: O carro estava muito bom hoje desde o começo do dia. Foi uma pena nós termos feito uma volta a mais no Q1, justamente no momento em que pista estava esquentando. Isso atrapalhou um pouco na hora de buscar uma boa volta no Q2, mas estaremos muito fortes amanhã para buscar bons pontos no campeonato. Meu maior objetivo é seguir buscando um lugar ali no top-10 nas duas provas.

Nelson Piquet Jr., P15: O carro estava bom nos treinos livres, mas ainda não descobrimos o que nos fez perder rendimento na tomada de tempos. Também fui atrapalhado pelo tráfego, não consegui encaixar uma boa volta no Q2. Vamos trabalhar para tentar entender o que aconteceu e melhorar o carro. Temos duas corridas neste domingo e vamos lutar para sair de Mogi com bons pontos.

Lucas Foresti, P17: Em cada um dos treinos vivemos situações diferentes hoje. No primeiro tivemos uma quebra no rolamento da roda dianteira direita e por isso andamos muito pouco. No segundo pegamos uma leve garoa e no terceiro entramos na pista com um sol muito forte. Não avançamos para o Q2 e vamos largar em 17º. Como nas duas últimas corridas, vamos tentar buscar a recuperação na pista e acho que podemos brigar por bons resultados e para somar pontos nesse domingo.

Gaetano di Mauro, P20: Uma pena, não conseguimos passar o pneu no treino, condição de meio seco e meio chuva, não sabíamos bem. Para o pneu usado estávamos bem, mas para o pneu novo acabou não funcionando. Vamos trabalhar e buscar amanhã alguma estratégia para colher bons pontos.

Galid Osman, P21: Tivemos um problema no meu carro na corrida de Cascavel, e trocamos muitas coisas para chegarmos aqui com o problema resolvido, mas o problema persistiu. Perdemos o primeiro treino inteiro e, como o fim de semana é curto com dois treinos e a classificação, numa categoria disputada como a Stock Car, o prejuízo é imenso. Vamos para a segunda corrida e tentar o maior número possível de pontos.

Valdeno Brito, P25: Acabei não simulando a classificação um treino antes, pois no meu grupo choveu, então as condições foram diferentes. Foi no escuro, mesmo assim estávamos confiantes, pois os dois carros estavam muito parecidos. Estamos tentando entender por que o desempenho caiu tanto na hora do classificatório, sei que esquentou a pista, que teve desgaste de pneu. Amanhã vamos tentar a estratégia certa para fazer pontos.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.