Stock Car – Comentários de sábado – Ribeirão Preto 2013

sábado, 10 de agosto de 2013 às 19:20

Valdeno Brito

Valdeno Brito, 7º colocado: Esta tem sido uma etapa bastante complicada em relação ao ajuste do carro para todas as equipes. No nosso caso, havia uma dificuldade com o set up com pneus novos, porque a melhora de tempo esperada não veio em nenhum treino. Minha primeira volta na classificação foi bem abaixo do esperado, mostrando a dificuldade de aderência nesta pista, mas na segunda tentativa consegui uma melhora significativa. A perda de tempo no pit é enorme e o desgaste é bem menor em relação às outras pistas. A questão chave é administrar o sistema de freios, para que não se super aqueça. Estou confiante para corrida, temos um ritmo bom com pneus usados e espero descontar a diferença de pontos para os líderes nesta etapa.

Rafa Matos, 9º colocado: Fiquei um pouco frustrado, porque errei minha segunda volta, e se não fosse isso, acredito que poderia estar entre os cinco. Mas também teve o fato de a temperatura estar mais amena quando os ponteiros foram para a pista. Mas estou confiante. Nosso carro vem melhorando bastante e temos um bom ritmo de corrida. Quero escapar das confusões e dos muros, para quem sabe conseguir um lugar no top-5.

Denis Navarro, 10º colocado: Conseguimos progredir bem nos treinos, o que é sempre importante. Agora é manter esse ritmo forte para sair daqui amanhã em uma boa posição final, marcando bons pontos, que é o que precisamos nesse campeonato tão equilibrado.

Júlio Campos, 14º colocado: Tive um pouco mais sorte do que o Rodrigo, porque ainda consegui ao menos uma volta boa. Mas a classificação também foi complicada para mim. A equipe fez um ótimo trabalho e nossa expectativa real era a de estar entre os dez mais rápidos. Mas vivemos um fim de tarde muito atípico. Pista de rua tem destas coisas, e vamos para a corrida amanhã com o objetivo de marcar pontos.

Popó Bueno, 17º colocado: Obviamente queria estar mais à frente no grid, mas, pela condição de pista que peguei e pela volta que dei na classificação, não tinha muito de onde tirar. Vim raspando os retrovisores em todos os muros… faltou um pouco mais de tempo para os ajustes no carro durante os treinos livres. Para amanhã, o carro estará melhor com certeza, porque estamos trabalhando com as informações de telemetria e dos outros pilotos do time para encontrar melhores opções de ajuste.

Duda Pamplona, 21º colocado: o treino hoje foi bom por um lado e ruim por outro. Para mim foi bom, pois depois do acidente de ontém não tinhamos a melhor expectativa, até eu ir para a pista no classificatório. Minha primeira volta foi muito boa e vimos que eu estava competitivo. Na segunda não melhorei tanto assim, mas fiquei contente. A tristeza bateu quando o Ricardo não conseguiu completar a volta boa dele, e com isso vamos largar no pelotão de trás e tentar ficar bem na pista para pontuar.

Ricardo Sperafico, 24º colocado: Infelizmente não foi do jeito que queríamos pela sujeira na pista. O pior é que estávamos bem o final de semana inteiro, dai o inesperado justo durante o classificatório. Bom, agora é fazer valer a pena durante o corrida.

Sergio Jimenez, 25º colocado: Fui prejudicado pela sujeira da pista. Ninguém desse grupo virou nada. Meu começo de volta era muito bom, mas o segundo trecho estava bastante sujo. Minha meta é fugir dos acidentes e terminar marcando pontos.

Wellington Justino, 28º colocado: É ruim sair de lá de trás do grid, mas o objetivo é fazer uma boa largada, sair das confusões e buscar um lugar entre os 20, pelo menos, para poder pontuar. Acho que evoluímos e amanhã temos que fazer uma corrida de cabeça para tentar a recuperação.

Fábio Fogaça, 30º colocado: Como meu pai costuma dizer, não é todo dia que tem pão quente em casa. Tivemos seis etapas muito boas nesta primeira metade da temporada, com exceção de Brasília, em que bati durante a prova, mas não há como ter nenhuma outra expectativa para a corrida de Ribeirão que não seja a de cruzar a linha de chegada a acumular experiência. Na tomada de tempos, peguei sujeira por causa da escapada do meu companheiro de equipe e ainda saí eu próprio da pista no mesmo ponto. Foi um dia difícil. Mas vamos para a corrida.

Rodrigo Sperafico, 32º colocado: Começamos o dia com toda a expectativa de fechar o treino entre os dez primeiros, mas no meu grupo o Allam Khodair saiu da pista e deixou muita sujeira no traçado. Mas digo muita mesmo, já que havia até mesmo pedras na pista. Além deste problema já ter, por si só, me roubado muito tempo, ainda enfrentei bandeiras amarelas que me impediram de acelerar em minhas duas voltas rápidas, sob a pena de punição.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.