F1 – Honda confirma problemas de teste de bancada

quarta-feira, 14 de junho de 2017 às 10:43
McLaren-Honda

McLaren-Honda

A Honda deu uma explicação sobre a extensão da sua dificuldade até agora em 2017.

Os sinais estão se tornando mais fortes dia a dia que a McLaren decidiu encerrar a infeliz parceria com a fornecedora de motor.

“A retórica mudou”, disse o ex-chefe técnico Mike Gascoyne à televisão britânica Sky. “Parece que uma decisão foi tomada”.

Alguns pensam que encerrando com a Honda e mudando para o motor cliente da Mercedes, poderia ser um esforço desesperado da equipe para manter seu frustrado piloto Fernando Alonso.

Perguntado se o motor da Honda ou da Mercedes faria a diferença, Alonso disse: “Eu acho que não faz nenhuma alteração na minha decisão”.

No entanto, acredita-se que a última gota para a McLaren foi dias antes de Montreal, quando a Honda informou a equipe de que uma atualização planejada não seria entregue a tempo.

O chefe da Honda, Yusuke Hasegawa, agora explica: “Não conseguimos obter as condições certas na bancada de testes”.

“Agora precisamos entender por que há uma diferença entre a bancada de teste e a pista”, ele é citado pelo jornal Osterreich.

Alguns acreditam que as escolhas de equipe de Alonso na F1 estão severamente limitadas para 2018, aumentando a perspectiva de uma mudança de tempo integral para a Indy.

“Eu disse muitas vezes, um terceiro campeonato mundial ainda é a minha maior prioridade”, insiste o espanhol.

“Eu desenvolvi minhas habilidades nos últimos 16 anos para dirigir carros de F1, então ainda é a melhor coisa que eu posso pilotar”.

“Se eu não conseguir ter sucesso aqui e vencer este terceiro campeonato, ainda adoro o automobilismo e correrei em qualquer categoria”, acrescentou Alonso.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.