Stock Car – Um passo gigante em direção ao título

quinta-feira, 19 de novembro de 2020 às 14:00

Thiago Camilo

A Stock Car realiza no próximo fim de semana, em Goiânia, a penúltima parada da temporada 2020. Serão duas etapas e três corridas, e pela última vez desde que foi introduzido o novo regulamento, os carros correrão com o lastro de sucesso imposto aos cinco primeiros do campeonato. Na grande decisão, em Interlagos, dia 13 de dezembro, ninguém leva peso extra. Thiago Camilo, que lidera o campeonato, está tranquilo e confiante.

“No domingo de Curitiba corri com 25 quilos de lastro e a equipe soube trabalhar no set up do carro de modo a neutralizar a desvantagem, de modo que consegui fazer a pole position e vencer a corrida principal. Em Goiânia vou levar trinta quilos e tenho a missão de ampliar minha diferença de pontos para o segundo colocado (hoje em 24 pontos), para chegar em Interlagos levinho e com uma boa vantagem. Nada é fácil na Stock Car, nunca foi e nunca será, mas estamos em um momento muito bom, Goiânia é uma pista especial para mim, e vamos pra cima com tudo”, disse o piloto do Toyota número 21 da Ipiranga Racing, que em Curitiba, com duas vitórias e um sétimo lugar, bateu o recorde de pontos no formato de fim de semana com três corridas, com 74 pontos. No fim de semana de Cascavel, primeiro nesse formato, o maior pontuador foi Daniel Serra, com 61. Thiago Camilo destacou ainda sua relação especial com a pista de 3.835 metros de Goiânia, onde estreou no automobilismo, na Stock Light, aos 16 anos, e onde venceu sua terceira Corrida do Milhão, em 2015, após um grave acidente duas semanas antes.

Cesar Ramos, que nas últimas cinco corridas carregou o lastro de 30 quilos do líder, e depois de um fim de semana complicado em Curitiba caiu para quinto, a apenas oito pontos do segundo, Ricardo Zonta, vai para Goiânia atrás da vitória que lhe falta na temporada. “Fiz duas pole positions, liderei o campeonato, corri muito tempo com lastro de trinta quilos, e agora que estou com apenas dez quilos preciso pensar em uma vitória para voltar à disputa do título. Tenho que ser muito ousado sem ser maluco, e é isso que vou fazer”, promete o piloto do Toyota número 30, que também tem boas relações com Goiânia, onde em novembro passado subiu ao pódio.

Assim como os pilotos, o chefe da Ipiranga Racing, Andreas Mattheis, lembra o fato de a sequência final da temporada, com etapas em Goiânia e Interlagos, repetir a sequência inicial, e destaca o quanto evoluiu o entendimento sobre o carro nesse curto período de tempo (a primeira etapa aconteceu dia 26 de julho). “Nossos carros mudaram muito, mas muito mesmo, e para melhor, desde que fomos a Goiânia na primeira etapa. Isso aumenta nosso otimismo. É uma pista de média para alta velocidade, com uma reta comprida e longos trechos de aceleração entre curvas, que exige bastante dos freios. Creio que é a pista que mais exige dos freios depois do Velo Città. E o desgaste de pneus também será maior que o da etapa passada, em Curitiba.

O SporTV2 transmitirá na íntegra as sessões de classificação e corridas. Sábado (dia 21), a 10ª etapa de 2020, com classificação às 9 horas e corrida única às 12h15, e domingo (dia 22), a 11ª etapa, rodada dupla com classificação às 9 horas e corridas largando às 11 horas e 11h55.

Já ouviu o último Loucos por Automobilismo? Clique na imagem abaixo!

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.