Stock Car – Rodrigo Sperafico volta a pontuar no Velopark

domingo, 15 de setembro de 2013 às 14:38

Rodrigo Sperafico

Mais alguns pontos no campeonato e um “quase pódio”. Este foi o saldo da nona etapa da Stock Car, disputada neste domingo no Velopark (RS), para a equipe paranaense Prati-Donaduzzi Racing.

Nesta que deve ter sido sua última corrida com o chassi que tem apresentando problemas há algumas etapas, Rodrigo Sperafico completou mais uma prova de superação no Rio Grande do Sul e fechou a disputa na zona de pontos, em 13o.

Largando na terceira fila, Júlio Campos foi o grande destaque do primeiro terço da prova e só não terminou no pódio em razão da quebra da suspensão dianteira esquerda de seu carro – ocorrida após um toque na zebra interna da curva 1 durante uma tentativa de ultrapassagem sobre Marcos Gomes.

“Foi um dia realmente para chegarmos aos pontos, já que nosso carro, ao que tudo indica, tem um limite de desenvolvimento um pouco menor. Nossa equipe, como sempre, fez um ótimo trabalho e superamos juntos todas as dificuldades, dentro do que pode ser feito. Estou satisfeito e com boas expectativas para a volta da Stock Car a Curitiba, quando devo ter um novo chassi”, declarou Sperafico.

Campos lamentou o incidente que lhe custou um provável segundo pódio no ano, mas também ressaltou o bom momento vivido pela equipe Prati-Donaduzzi na Stock Car.

“Nossa equipe tem se mantido em uma crescente bastante animadora”, disse o piloto. “A cada etapa estamos mais entrosados, e os bons resultados tem se tornado mais constantes. Se pensarmos que nossa estrutura técnica, da maneira como está, foi formada há menos de dois anos, é uma grande conquista”, declarou o piloto.

A etapa do Velopark, como esperado, foi marcada por diversos toques nas disputas por posição. Resultado da pequena extensão da pista gaúcha, que com 2.278 metros é a mais curta da temporada. E resultado, também, da grande competitividade da Stock Car.

“Não por acaso a Stock Car é hoje uma das principais categorias de carros de turismo do mundo. Falamos em décimos de segundo separando quatro, cinco posições no grid de largada e isso é muito pouco. Neste contexto, nosso time está muito bem, porque tem conseguido constantemente bons resultados. Agora, é pensar em Curitiba, a quarta etapa deste ano em nosso estado”, acrescentou Rodrigo.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.