Stock Car – Rafa Matos e Felipe Lapenna têm começos distintos na capital goiana

sexta-feira, 1 de agosto de 2014 às 19:13

Rafa Matos

A quinta etapa da Stock Car já começou em Goiânia. Nesta sexta-feira (1º) a principal categoria do automobilismo nacional deu início às atividades de pista da Corrida do Milhão 2014. Na equipe Hot Car Competiçõe, Rafa Matos e Felipe Lapenna tiveram inícios diferentes no autódromo internacional de Goiânia. O mineiro preferiu poupar os pneus e ficou em 14º, enquanto que Felipe Lapenna, que praticamente não andou devido a problemas no câmbio, ficou apenas em 32º. Thiago Camilo, que detém dois títulos ‘do milhão’, foi o mais rápido na pista localizada no centro-oeste, com 1min23s249. Amanhã (2) a equipe visa encontrar novos caminhos para já iniciar a busca pelo prêmio milionário. Neste sábado, os pilotos voltam à pista para a segunda sessão de ensaios livres, a partir das 9h. Mais tarde, às 14h – com transmissão ao vivo do canal SporTV – será definido o grid da Corrida do Milhão.

Rafa Matos segue animado, apesar de ter ficado no meio da tabela de tempos nesta sexta-feira, com o 14º tempo (1min23s819). O mineiro considerou que o dia foi produtivo e ficou satisfeito por ter sido o segundo mais rápido de seu grupo (ele andou no segundo grupo). O dono do bólido #2 não passou pneus novos na sessão de hoje.

“Foi um dia bastante produtivo. Acho que conseguimos driblar a circunstância dos pneus bem. Certamente o segundo grupo estava mais lento. Fomos segundo no nosso grupo. A pista estava muito suja e foi mais difícil para o nosso grupo. Mas atingimos o nosso objetivo de treinar para a classificação. Sair e dar poucas voltas, focado sempre na classificação e o carro está reagindo muito bem. Então, estou bem confiante para amanhã”, disse.

Rafa sabe da importância de largar na frente e tem uma motivação a mais para brigar pela pole. A sexta edição da Corrida do Milhão vai homenagear Ayrton Senna. O mais rápido no treino classificatório, deste sábado, ganhará uma estátua do piloto banhada a ouro desenhada pelo artista plástico Wilson Iguti. A peça foi criada especialmente para homenagear os 20 anos do legado do tricampeão Mundial de Fórmula 1 e retrata a “paradinha”, pose característica de Senna, que sempre segurava o capacete ao lado do corpo enquanto posava para os fotógrafos.

“Quero tentar largar entre os oito ou dez primeiros. Obviamente, a intenção é fazer a pole position, estamos aqui para tentar ser o mais rápido, mas acredito que para ter chances de ganhar essa corrida é preciso largar entre os oito primeiros”, considerou.

Com um começo de trabalhos complicado, Felipe Lapenna espera que neste sábado a equipe encontre rapidamente uma solução. “É ruim ficar dois meses sem andar, sem treinos, e chegar aqui e ter esse problema eletrônico no câmbio. Foi um dia perdido, já que praticamente não andei. Espero que encontremos a solução o quanto antes amanhã”, considerou o paulista dono do carro #110.

Agenda cheia: Dia de frentista e autógrafos no Botequim Mercatto Bueno
Antes dos pilotos da Hot Car começarem a acelerar no circuito goiano, Rafa Matos e Felipe Lapenna tiveram a experiência de conhecer a rotina de frentistas no Posto Santa Luzia, no bairro de Santa Genoveva. Os representantes da equipe paulista passaram a tarde da quinta-feira (31) abastecendo os carros, checando nível de óleo e sugerindo a troca, quando necessário, além de fazerem outras funções destes profissionais.

Na noite desta sexta-feira a agenda dos pilotos segue com programação intensa. Matos e Lapenna vão participar de uma sessão de autógrafos no Botequim Mercatto Bueno, localizado na Rua T-36, 2775, Setor Bueno. A ação terá início às 20h.

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.