Stock Car – Pit stop extra tira Popó Bueno do top-10 na Corrida do Milhão

domingo, 15 de dezembro de 2013 às 19:39

Popó Bueno

A Corrida do Milhão, disputada hoje, em Interlagos, foi uma das mais emocionantes da Stock Car nos últimos anos, com quatro pilotos brigando pela vitória – e três pelo título -até a última curva. Para Popó Bueno, da equipe Shell Racing, a corrida deste domingo em São Paulo era a chance de fechar o ano com um grande resultado.

E era assim que a prova vinha se desenhando até a metade da corrida – que foi mais longa que o usual, com 50 minutos mais uma volta. Uma falha de comunicação no pit stop, porém, fez com que o piloto perdesse um lugar no top-10 – após largar em 20º, ele já era o 11º antes da parada.

“Consegui uma boa largada e vinha imprimindo um ritmo bom, conseguindo algumas posições e já próximo do top-10. Mas comecei a ter problemas com o pneu dianteiro direito e solicitei a troca para a equipe, mas a comunicação pelo rádio não foi compreendida e outro composto foi trocado. Tive que fazer uma parada extra, porque o pneu que já estava com problema acabou não aguentando e tive que entrar no box”, diz Popó, que, com isso, terminando a corrida em 22º.

O piloto da Shell Racing afirma que o final de semana difícil em Interlagos foi o complemento de uma temporada um tanto complicada em 2013. “Infelizmente neste ano tivemos muitos problemas mecânicos e a gente não foi competitivo como esperava. Confio muito nesta equipe, pela qual tive meu melhor desempenho na Stock Car (3º lugar no campeonato de 2011) e tenho certeza de que temos potencial para conseguirmos bons resultados”, diz Popó.

A temporada 2014 da Stock Car começa no final de fevereiro, com os testes coletivos da categoria em Curitiba. A primeira etapa será no dia 23 de março, em Interlagos.

Resultado da décima-segunda e última etapa da Stock Car:

1) Ricardo Zonta (BMC Racing), 30 voltas em 51min46s059, média de 150,00 km/h
2) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 0s707
3) Cacá Bueno (Red Bull Racing), a 1s536
4) Allam Khodair (Vogel Motorsport), a 1s688
5) Max Wilson (Eurofarma RC), a 4s458
6) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), a 4s698
7) Luciano Burti (Boettger Competições), a 15s715
8) Rubens Barrichello (Full Time Competições), a 18s782
9) Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), a 18s797
10) Valdeno Brito (Shell Racing), a 23s636
11) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), a 24s813
12) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), a 26s104
13) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), a 31s111
14) Denis Navarro (Voxx Racing Team), a 32s645
15) Bruno Senna (Shell Racing), a 35a056
16) Felipe Lapenna (Hanier Racing), a 36s910
17) Duda Pamplona (Officer ProGP), a 36s693
18) Rafa Matos (Hot Car Competições), a 46s148
19) Rodrigo Sperafico (Prati-Mico’s Racing), a 55s653
20) Fábio Fogaça (Vogel Motorsport), a 1min09s534
21) Alceu Feldmann (Full Time Competições), a 1min10s688
22) Popó Bueno (Shell Racing), a 1min13s137
23) Lucas Foresti (RC3 Bassani), a 1min15s752
24) David Muffato (Carlos Alves Competições), a 1min19s347
25) Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), a 1min24s602
26) Vitor Genz (Gramacho Competições), a 1min37s893
27) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), a 3 voltas
28) Tuka Rocha (BMC Racing), a 3 voltas
29) Marcos Gomes (Carlos Alves Competições), a 10 voltas
30) Diego Nunes (RC3 Bassani), a 10 voltas
31) Galid Osman (Ipiranga-RCM), a 10 voltas
32) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 22 voltas
33) Julio Campos (Prati-Mico’s Racing), a 25 voltas
34) Wellington Justino (Hot Car Competições), a 27 voltas
35) Sérgio Jimenez (Voxx Racing Team), a 29 voltas

Melhor volta: Allam Khodair, 1min40s020, média de 155,27 km/h

Os dez primeiros na classificação final da Stock Car

1 – Ricardo Maurício, 218 pontos (campeão)
2 – Thiago Camilo, 215
3 – Cacá Bueno, 196
4 – Daniel Serra, 181
5 – Max Wilson, 163
6 – Valdeno Brito, 154
7 – Ricardo Zonta, 144
8 – Rubens Barrichello, 120
9 – Sérgio Jimenez, 107
10 – Marcos Gomes, 102
11 – Átila Abreu – 97
12 – Luciano Burti – 92
13 – Nonô Figueiredo – 84
14 – Rafa Matos – 84
15 – Allam Khodair – 78
16 – Tuka Rocha – 73
17 – Diego Nunes – 71
18 – Julio Campos – 67
19 – Galid Osman – 64
20 – Denis Navarro – 63
21 – Ricardo Sperafico – 54
22 – Lico Kaesemodel – 54
23 – Rodrigo Sperafico – 53
24 – Duda Pamplona – 53
25 – Popó Bueno – 49
26 – Fábio Fogaça – 41
27 – Alceu Feldmann – 28
28 – Felipe Lapenna – 27
29 – David Muffato – 25
30 – Vitor Genz – 16
31 – Rodrigo Pimenta – 13
32 – Wellington Justino – 8
33 – Gabriel Casagrande – 3
34 – Beto Cavaleiro – 2

As cinco primeiras no campeonato entre equipes

1) Eurofarma, 381
2) Red Bull, 377
3) Ipiranga-RCM, 279
4) BMC Racing, 217
5) Shell Racing, 215

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.