Stock Car – Comentários de sexta-feira – Goiânia 2019

sexta-feira, 17 de maio de 2019 às 20:16

Felipe Lapenna

Ricardo Zonta, P1: Trabalhamos bastante no acerto do carro, tanto para a corrida como para a classificação. Foi um dia bastante proveitoso, buscamos algumas direções diferentes para acertar o carro e ver como está o asfalto de Goiânia, que perdeu um pouco de aderência em relação à penúltima etapa do campeonato do ano passado. Terminar o dia com o tempo que viramos nos deixa bastante otimista, entramos no fim de semana com o pé direito para seguir no quali e na corrida.

Felipe Lapenna, P2: Nós estamos evoluindo desde a primeira etapa. É uma evolução técnica da equipe e isso não é por acaso, pois estão trabalhando muito. Você precisa de um carro bom e o carro estava bem equilibrado hoje. Estamos conseguindo nos comunicar bem e pequenas mudanças que fazemos o carro reage. Estou muito feliz com essa evolução.

Valdeno Brito, P3: Foi muito bom. Os dois carros da equipe, em condições diferentes, andaram bem. Sei que tem margem para melhora, mas não tivemos nenhum problema. Conseguimos testar ajustes diferentes para dar esse salto de desempenho e amanhã vamos brigar para ficar entre no top 5.

Diego Nunes, P7: Apesar de ter terminado em sétimo e em sexto acho que ainda pela realidade dos outros carros, falta achar um ‘pulinho’ a mais, para brigar pelo Q3, mas estamos no caminho, temos tudo para encaixar de novo, estamos mais ou menos igual na etapa anterior, com um bom carro, mas temos tudo para conseguir ser melhores, quem sabe entrar com os dois carros no Q3, estamos confiantes.

Bia Figueiredo, P8: O carro mostrou uma boa evolução, andou bem com pneus velhos e com os pneus novos, então espero uma boa classificação amanhã para ter um domingo de muitos pontos.

Marcel Coletta, P9: A pista de Goiânia é muito técnica. Ela tem curvas de baixa, média e alta velocidade, todas bem desafiadoras para os pilotos. É uma pista que estou aprendendo ainda e espero ir muito bem na etapa. Meu objetivo para o final de semana é de conquistar um top-10. Isso já me deixaria bastante contente para nossa evolução na Stock Car. Goiânia é sempre muito quente e o asfalto é bem abrasivo, então vai ter um desgaste muito grande dos pneus aqui, mas nós testamos muito isso ao longo dessa sexta-feira. Ainda foi apenas o primeiro dia de treinos, mas acredito que estamos bastante preparados para enfrentar esse alto desgaste dos pneus nas corridas.

Lucas Foresti, P10: Começamos muito bem, temos que manter o ritmo amanhã. Foi um bom resultado hoje. Começamos muito bem e encontramos um bom caminho para amanhã, dia de classificação. Hoje foi possível testarmos situações tanto para a classificação quanto para a corrida e o carro se comportou muito bem. Estamos otimistas para amanhã, principalmente por que hoje não passamos pneus novos. O carro está muito bem acertado e estamos em condição de brigar por uma boa posição no grid de largada.

Gabriel Casagrande, P11: Foi um treino bom e proveitoso, apesar de pouco tempo andando nós conseguirmos ver que nossas voltas estão boas. Estou bem contente com o desempenho e foi possível testarmos bastante coisa. Temos tudo para brigar para estar lá entre os primeiros do grid mais uma vez amanhã.

Gaetano di Mauro, P18: Estamos evoluindo bastante durante o fim de semana. É uma pista nova para mim com este carro, a cada saída que demos viemos melhorando. Não dá para ver pelos tempos, já que alguns pilotos andaram com pneus mais gastos e outros, menos, mas acredito que estamos num caminho positivo para a classificação.

Átila Abreu, P22: Foi uma sexta-feira positiva, eu me senti muito bem no carro, sem dor, o que era uma preocupação. Fiquei um mês e meio sem fazer nenhum exercício físico tentando me recuperar. Fiquei confortável e não senti dor nenhuma. Quanto ao carro, podemos melhorar, houve problemas elétricos e perdi velocidade na reta. Vamos ter de analisar se não é relacionado aos problemas elétricos ou no motor. Evoluímos o carro, mas perdemos muito tempo nas retas, aí você começa a tentar achar em outras coisas. Foi positivo, e o Zonta liderou o dia, temos uma boa base de referência positiva. Vamos tentar resolver os problemas para entrar bem na tomada.

Galid Osman, P23: Foi uma sexta-feira de bastante evolução, usei um jogo de pneu o dia todo. Estou bem confiante, está sendo nosso melhor fim de semana no ano, com o carro muito competitivo. Estou com boas expectativas para amanhã.

Julio Campos, P24: O fim de semana começou muito bem, o carro voltou para onde deveria estar. Fizemos um terceiro lugar importante no primeiro treino, todos os pilotos estavam com o mesmo pneu e a gente estava muito rápido. Agora é concretizar isso na tomada de tempo de sábado e conquistar os pontos que a gente precisa para começar a descontar a diferença para o líder do campeonato.

Denis Navarro, P25: Foi um bom começo. No meu grupo a pista estava molhada. Então estou otimista para conseguirmos uma boa posição de largada amanhã.

Thiago Camilo, P28: Na verdade, nosso principal objetivo, sempre, é ser o maior pontuador da etapa nas rodadas duplas, então temos que ter uma estratégia para pontuar bem nas duas corridas, e isso que trabalhamos hoje nos treinos livres aqui em Goiânia, um ritmo constante com pneus desgastados. Mas nas duas etapas de 2019 tivemos um carro muito rápido em classificação, então creio que terei novamente um carro competitivo e vou fazer o máximo para largar na frente, que é um primeiro passo importante. Não estou focado no recorde pessoal, mas se vier será muito bem-vindo. Tivemos um dia muito produtivo em condições de pneus usados, e vamos usar o treino livre da manhã de sábado para testar o acerto de classificação. Melhor seria ter passado os pneus novos hoje, mas nada que preocupe.

[the_ad id=”237860″]

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.