Stock Car – Comentários de sexta-feira – Goiânia 2017

sexta-feira, 31 de março de 2017 às 17:09
Felipe Fraga

Felipe Fraga

Felipe Fraga, 2º colocado: Estou bastante satisfeito com o carro e o resultado desse treino mostra que vamos brigar pelas primeiras posições logo na primeira etapa. Eu estava bastante ansioso para voltar a pilotar o carro da Cimed Racing e a sensação foi de que fizemos um ótimo trabalho hoje. Ainda é o primeiro treino livre, mas vamos continuar evoluindo e preparando o carro para a classificação deste sábado. A importância de ter três companheiros de equipe é que o time pode fazer vários testes e assim nós estudamos todos os carros e analisamos o melhor caminho para seguirmos. No final de cada dia, nós fazemos uma avaliação como todos no box e isso nos ajuda muito.

Thiago Camilo, 4º colocado: O trabalho de adaptação à nova equipe fica mais fácil quando nos deparamos com um nível de organização, profissionalismo e competência elevadíssimo como é o da A. Mattheis. Creio que podemos colher bons resultados, até de pódio, já nesse primeiro fim de semana.

Júlio Campos, 5º colocado: Ainda temos bastante o que melhorar até o qualifying, mas é um bom começo. O carro está sempre entre os cinco primeiros. Estamos próximos dos mais rápidos e vamos ver agora como podemos para evoluir ainda mais no último treino de amanhã e na classificação.

Átila Abreu, 7º colocado: Começamos de uma forma interessante, evoluímos algumas coisas, mas ainda temos algumas correções para fazer. Dá para melhorar um pouco mais. É uma categoria muito difícil, todo mundo vai melhorando. Se nós acharmos o acerto, estaremos na briga entre os primeiros.

Galid Osman, 8º colocado: Ainda há vários detalhes para aprimorar, mas é acerto fino, sem dúvidas começamos bem o trabalho. É uma equipe que trabalha com muito planejamento, na verdade nossa corrida começou nas reuniões que tivemos na sede, em Petrópolis (RJ), quando foi traçada a estratégia de trabalho para esse primeiro fim de semana da Stock Car.

Ricardo Zonta, 9º colocado: Conseguimos evoluir o carro em relação à quinta-feira. Estivemos no grupo da frente, consolidados entre os dez primeiros. Os treinos mostraram isso. Mas ainda sofremos com a traseira do carro, que não me permite ser mais rápido. Se acharmos o caminho, entraremos no grupo dos três primeiros. E isso vale para os dois carros da Shell Racing. Vamos trabalhar em conjunto para resolver esse problema.

Lucas Foresti, 11º colocado: Temos trabalho para fazer, isso é inegável, mas fico feliz em ter treinos calmos sem imprevistos. Tanto ontem quanto hoje conseguimos cumprir nossos cronogramas com sucesso, o que nos ajuda muito para a hora da verdade, que é a tomada de tempos de amanhã.

Gabriel Casagrande, 12º colocado: O trabalho que fizemos na segunda parte do treino foi muito bom. Conseguimos virar voltas rápidas em todas as saídas à pista, e era o que precisávamos. Nem mexemos muito no acerto, justamente por causa do contratempo da parte inicial, mas foi bom porque assim terminamos com um 12º lugar – o que não é ruim, visto que ainda temos algumas coisas para melhorar. Vamos tentar nos concentrar em não perder tudo o que já fizemos nos treinos coletivos de ontem e na sessão de hoje. Amanhã temos a meta de classificar bem, largar o mais à frente possível para escapar de confusão. Temos um carro rápido, sabemos disso e temos consciência do nosso potencial. Classificar no top-10 é a meta. Quero sair daqui como um dos oito maiores pontuadores do final de semana. Estamos no caminho certo para isso.

Sérgio Jimenez, 14º colocado: Hoje só tivemos um treino livre, o primeiro oficial e estamos um pouco limitados em termos de pneus. Eu, especialmente, estou com pneus muito velhos do ano passado. Mas viramos bem com pneus usados e, quando colocamos os novos, eu fui um pouco atrapalhado na pista. Faltou uns dois décimos de segundo para eu estar mais feliz, entre sexto e oitavo. Mas eu acho que é uma realidade possível, só precisamos ‘encontrar’ estes dois décimos para dar este salto. Vamos trabalhar agora no carro. Evoluímos a cada saída, mas sempre que acertávamos uma coisa, aparecia um outro probleminha. Então precisamos resolver os problemas, sem que apareçam outros. Vamos pensar muito para fazer a mudança para amanhã e terminar entre os 10, que é a nossa meta. Vão ser 15 carros por vez na pista no Q1 e, para o público, é muito bacana. Pra nós, o principal problema é ser atrapalhado, então tem de achar uma boa posição na pista para que possamos fazer uma boa classificação e seguir adiante.

Antonio Pizzonia, 18º colocado: Perdi quatro décimos em relação à minha melhor volta até então. Acho normal, porque esse tempo de inatividade demanda mesmo um pouco mais de tempo de pista. Mas, à exceção do Serrinha no finzinho, os outros estiveram bastante perto um do outro. A Stock Car sempre foi muito nivelada e continuará assim.

Cesar Ramos, 19º colocado: Estamos trabalhando duro para evoluir o carro, que ainda está saindo muito de traseira. Mas estou feliz com a evolução que apresentamos de ontem para hoje. O resultado final do treino não mostra todo nosso potencial, pois optamos por não usar pneus zeros no treino desta sexta. Então acredito que as coisas podem melhorar bastante para a tomada classificatória.

Guga Lima, 29º colocado: É um momento muito bom. Todos estão se dando muito bem, trabalhando junto”, destacou. “Em questão de performance, ainda não foi o que a gente esperava, mas tenho certeza que vamos evoluir, trabalhar melhor a questão do acerto no traçado, melhorar um pouquinho o carro para estar no bolo e brigar por uma boa posição. Aqui pode ser considerada minha corrida ‘em casa’, já que não temos o autódromo funcionando lá. Vem família, amigos, muita gente para torcer. Sempre ajuda, dá uma força extra, é um ‘push’ a mais ver a galera torcendo.

Márcio Campos, 30º colocado: Apesar do Brasileiro de Turismo ser uma categoria de acesso à Stock Car, existem grandes diferenças entre os carros. A adaptação ao Stock Car não é fácil e estamos trabalhando para pegar as manhas do carro e evoluir o equipamento ao longo dos treinos do final de semana. Existem alguns aspectos do carro que ainda podem melhorar, algumas coisas que ainda tenho que aprender, mas já tivemos uma evolução em relação ao treino de ontem e isso é o mais importante.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.