Stock Car – Comentários de sábado – Velocitta 2020

sábado, 17 de outubro de 2020 às 15:50

Gabriel Casagrande

Júlio Campos, P1: Muito feliz em conquistar essa pole! Começamos o ano, que está sendo difícil para todo mundo, em função da pandemia, com muitas dificuldades. As primeiras etapas foram difíceis, mas a Crown Racing é um grande time e fomos buscar essa recuperação. Iniciamos os treinos aqui no Velocitta e sabíamos que tínhamos um carro muito bom e deu certo! Largar na pole é especial demais.

César Ramos, P2: Estou muito satisfeito com essa segunda colocação, pois estamos competitivos e rápidos mesmo com o lastro. Temos que pensar em buscar o máximo de pontos nas duas corridas amanhã para seguirmos no topo da tabela. Só tenho que agradecer à equipe Ipiranga Racing/A. Mattheis, pois tem feito um trabalho sensacional, onde conseguimos ocupar as primeiras posições em todas as etapas.

Gabriel Casagrande, P3: Estou contente com o desempenho do carro, faltou muito pouco para ter o segundo lugar, acho que a pole era difícil, mas o terceiro lugar é uma excelente posição para começarmos esse domingo. Testamos o carro para a corrida e ele está muito bom, então temos tudo para irmos para cima amanhã e conseguir bons pontos nas duas provas. O carro está em perfeito estado, a equipe tem trabalhado bem nos pit-stops, então vai ser mais um bom domingo. Estou feliz pelo desempenho e o que vale mesmo é amanhã. Eu não tenho descartes, não posso abrir mão de nenhuma corrida, por isso vamos para cima em todas as provas.

Allam Khodair, P4: Nossa expectativa para esta etapa já era muito alta por conta do bom desempenho que tivemos aqui no Velocittà durante os treinos de pré-temporada. E hoje conseguimos repetir isso e garantir uma posição no grid que nos permite brigar pela vitória amanhã. Poderíamos estar inclusive largando ainda mais a frente, mas não consegui dar uma volta perfeita no Q2. Por outro lado, nosso ritmo de corrida é muito bom e apostamos nisso para tentar buscar ultrapassagens e tentar alcançar nossa primeira vitória no ano.

Diego Nunes, P5: Depois de liderarmos o treino livre, nossa expectativa era de brigar pela pole, mas não acho que largar em quinto seja mal negócio. Nosso carro já mostrou que tem como ponto forte justamente o pace ao longo da corrida e vamos apostar nisso para brigar pela vitória.

Nelson Piquet Jr., P7: Ficamos em sétimo na tomada de tempos, mas acredito que temos mais potencial e vamos trabalhar para as corridas. Nosso objetivo é marcar muitos pontos nesta etapa e voltar a estar entre os cinco primeiros no campeonato. Largar em sétimo já é bom, então, vamos trabalhar pra que amanhã seja melhor ainda.

Rubens Barrichello, P8: Foi um dia de muita surpresa. A pista esquentou demais para a classificação e, com certeza, pegou muitos pilotos e equipes desprevenidos. Meu carro ficou ‘traseiro’ e, com muita gente, deve ter acontecido o mesmo. Mas, P8 está bem pertinho ali da frente. Vamos manter a fé para amanhã.

Ricardo Zonta, P9: O fim de semana tem sido bastante difícil. Ontem e hoje de manhã estava bem frio, e o balanço do carro acaba sendo afetado pelo calor, pela diferença de temperatura. Estou muito feliz de estar entre os dez primeiros, em nono, e na minha última volta eu estava vindo nos primeiros setores com um potencial de ficar entre os cinco primeiros, mas no último setor acabei errando um pouquinho, pulei na zebra demais, abriu a porta do carro, e perdi um pouco de tempo. Foi uma pena, temos um carro bem equilibrado para a corrida. É tentar fazer o possível para largar bem e fazer uma estratégia agressiva, pegando bastante pontos na primeira corrida e indo para a segunda corrida também.

Matías Rossi, P10: Estou muito feliz. Foi um trabalho muito bom da equipe. Para mim, também foi importante fazer o melhor tempo no Q1. Sei que não muda muito, mas foi um bom momento. No Q2, é importante entender essas pequenas mudanças que acontecem no carro também. Um ou dois décimos mudam muito, a Stock Car é muito competitiva. Mas estamos bem para amanhã e confiantes.

Átila Abreu, P11: Sofremos um pouquinho com o carro. Trabalhamos bastante para segurar a traseira do carro, mas vem soltando, andando de lado. Então não temos velocidade para ir para a frente. Sofremos porque cada carro da equipe tem uma reação, então fica difícil trocar informações entre os carros. No Q2, como demos uma volta a mais no Q1, o pneu já estava um pouquinho pior, mas é questão de buscar o equilíbrio do nosso carro, o que não estamos achando ainda. É continuar trabalhando, estamos largando todas as corridas por volta dessas posições, uma corrida um pouco melhor, outra corrida um pouco pior. Mas é uma situação para pensar em pontuar bastante no fim de semana. Vamos torcer para o carro estar melhor na corrida e desempenhar um bom papel.

Marcos Gomes, P12: Os dois treinos livres e a classificação mostraram que evoluímos. Agora falta muito pouco para voltarmos a largar entre os oito primeiros. Amanhã estamos confiantes para as duas corridas!

Denis Navarro, P13: Acho que estamos competitivos e mostrando isso com os dois carros passando pro Q2. Isso é bem importante, pois mostra que encontramos o caminho e um bom acerto, tanto para mim quanto para o Marquinhos.

Galid Osman, P15: Obviamente depois de liderar os treinos de ontem, estávamos com uma boa expectativa para hoje. Passamos facilmente para o Q2, com uma volta bem tranquila, demos só uma volta rápida para guardar o pneu. Mas demos uma mexida no carro para o Q2, e fomos para o caminho errado, o carro ficou bem difícil de guiar, e isso nos prejudicou bastante. Vamos largar do meio do grid e tentar fazer duas corridas boas para pontuar o máximo possível, quem sabe com um pódio na segunda corrida.

Pedro Cardoso, P19: Claro que gostaria de estar largando mais à frente, mas a cada etapa melhoramos um pouco na classificação. Após Cascavel eu esperava largar mais na frente hoje, mas aqui é uma pista que é possível priorizar a segunda corrida e conseguir um bom resultado. Nosso carro em ritmo de corrida eu sei que é bom, então vamos tentar conseguir ganhar o máximo de posições na primeira corrida para quem sabe buscar um top-5 ou até um pódio na prova 2.

Gaetano di Mauro, P21: Vejo uma situação muito parecida com as outras corridas que tivemos, não temos velocidade de classificação, deixamos a desejar. Vamos entender qual corrida teremos de atacar e tirar o melhor resultado na prova que formos fazer. Vamos decidir entre a corrida 1 e a 2 e tudo depende da situação da corrida, dali para a frente tentar colher o melhor resultado como nas últimas etapas.

Rafael Suzuki, P22: O fim de semana está aquém do que a gente imaginava e do nosso potencial. Vamos analisar com calma e entender o que saiu errado. Estou chateado, mas ainda bem que tem amanhã, que é o que vale. Então, vamos conversar bastante e tentar compreender por que ficamos tão longe hoje.

Já ouviu o último Loucos por Automobilismo? Clique na imagem abaixo!

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.