Stock Car – Comentários de sábado – Santa Cruz do Sul 2015

sábado, 27 de junho de 2015 às 14:15

Júlio Campos

Marcos Gomes, 2º colocado: Na primeira volta o freio acabou bloqueando logo na primeira curva, mas eu não perdi a concentração e fiz o melhor segundo setor do treino. Conclui em segundo a volta e estou satisfeito de poder largar mais uma vez na primeira fila.

Thiago Camilo, 3º colocado: Largar em terceiro é bom, principalmente porque a equipe trabalhou muito no acerto de corrida, que será o determinante aqui em Santa Cruz do Sul. O asfalto está ruim, haverá um desgaste enorme de pneus. Quem conseguir andar rápido sem detonar os pneus vai fazer mais pontos. O trabalho no pit stop também será decisivo, e a Ipiranga RCM é muito forte nesse ponto. Nosso objetivo é brigar pela vitória na corrida principal, mas sempre sabendo que haverá uma segunda prova.

Allam Khodair, 5º colocado: Estou feliz com o resultado, porque é uma posição que nos coloca no bolo de quem vai brigar pela vitória. Foram apenas alguns detalhes que nos separaram da pole. Temos um carro competitivo e vamos entrar na corrida lutando pela vitória. Esta é uma das minhas pistas favoritas. Gosto bastante do estilo de pilotagem que este traçado exige e costumo ter sorte aqui. Espero que amanhã não seja diferente e que possamos dar uma arrancada para brigar pelo título.

Felipe Fraga, 7º colocado: O carro está muito bom para esse final de semana. Na tomada ele não se comportou tão bem como havia feito nos outros dois treinos livres, mas pela minha saída de pista no último treino livre, o resultado dá grandes chances para nós lutarmos por um pódio amanhã, já que nosso ritmo de corrida tem sido bom o ano todo.

Júlio Campos, 8º colocado: Errei nas duas últimas curvas e perdi pelo menos dois décimos. Em compensação, sinto que teremos um ritmo de prova forte e em condições de nos deixar na briga.

Gabriel Casagrande, 9º colocado: Foi dentro do esperado porque a gente tinha um carro muito bom desde o começo nos treinos livres. Estou bem feliz com resultado. O primeiro top10 do ano, e eu acho que pra corrida a gente tem um bom setup, já testamos durante os treinos. Então vamos fazer uma corrida pensando nas duas baterias pra conquistar muitos pontos e dar uma crescida no campeonato.

Antonio Pizzonia, 10º colocado: Gostei mais do equilíbrio. Ainda está um pouco dianteiro, mas o resultado mostra que as experiências funcionaram. Minha dúvida agora é como será o consumo dos pneus na corrida. Até agora, esse sempre foi um dos nossos pontos fortes. Com estas mudanças, vamos ter de esperar para ver o que acontecerá na prova.

Átila Abreu, 13º colocado: Fiz a primeira volta para garantir o tempo e a segunda para tentar extrair algo mais. É um local com duas zebras, se você toca na primeira a roda fica no ar e perde eficiência na freada, então perdi o controle acabei na grama. Mas só erra quem tenta e eu tento sempre extrair o máximo. Acredito que iria melhorar um pouco mais o tempo, mas agora é recuperar para ir bem amanhã. Nesse novo formato de campeonato, mesmo que você largue em 20º nada está perdido. Eu mesmo larguei em 24ª em Ribeirão Preto e cheguei no pódio. A gente teve um bom ritmo nos treinos e vinha bem na segunda volta da classificação, por isso estou confiante em um bom trabalho hoje à noite pra alcançar um resultado importante amanhã.

Denis Navarro, 15º colocado: Infelizmente não foi o resultado que nós esperávamos. Agora é apostar em uma boa estratégia para somar pontos, que é o nosso grande objetivo neste final de semana. Se as coisas derem certo, podemos tentar chegar entre os primeiros.

Galid Osman, 16º colocado: Começamos o fim de semana andando bem, mas o acerto do meu carro não evoluiu no mesmo ritmo dos adversários de sexta para sábado. É claro que eu queria largar novamente na frente, mas agora temos que pensar nas duas corridas que temos pela frente. Na corrida de abril do ano passado eu larguei em 18º e cheguei em terceiro. Foi meu primeiro pódio na Stock Car. Agora largo em 16º e tenho como meta chegar entre os dez primeiro para largar na frente na segunda corrida, que tem grid invertido. É uma meta perfeitamente possível e vou correr atrás dela.

Luciano Burti, 18º colocado: Temos um carro bom para a corrida. Agora é pensar em recuperarmos posições amanhã e somarmos o máximo de pontos possível nas duas corridas.

Sérgio Jimenez, 20º colocado: Tivemos uma quebra na barra traseira do carro e isso comprometeu a nossa tomada de tempo. Nós tínhamos até as últimas três curvas o mesmo tempo do Gabriel, no mínimo sem essa quebra, estaríamos entre os oito, mas no último trecho perdemos cinco décimos em relação ao próprio Gabriel que larga da nona posição.

Vitor Genz, 21º colocado: É um circuito muito misto. Nos trechos de baixa estávamos indo muito bem, inclusive com uma primeira parcial mais rápida entre todos os pilotos em um determinado momento. Só que na parte alta, deixávamos a desejar. Como já fomos bem em Tarumã e Cascavel, que são pistas de alta velocidade, vamos pensar no que conseguimos trazer dessas características para dar certo aqui. O importante é acharmos o equilíbrio.

Diego Nunes, 22º colocado: O Átila foi retirado e jogaram muita sujeira na pista, depois o Fraga (Felipe) escapou na minha frente. Então foi tudo contra o nosso desempenho. Com certeza tínhamos chances de brigar entre os dez primeiros. Agora vamos fazer uma corrida de recuperação amanhã.

Fábio Fogaça, 24º colocado: Hoje foi um dia um pouco difícil. Tive problemas com o combustível durante os treinos, e só conseguimos corrigir isso para a classificação. Na tomada de tempos o carro estava muito bom, mas como não tive muito tempo de treinamentos, acabamos não encontrando o melhor setup para a pista de Santa Cruz. Agora, falta um ajuste fino, detalhes. Estamos em um caminho bom e acredito que para as corridas teremos um carro rápido. Amanhã, o objetivo é sair ileso da primeira curva, escapando das confusões, e isso acontecendo sei que posso ter um ritmo bom durante a prova.

Raphael Abbate, 25º colocado: Nos dois treinos livres, aconteceram bandeiras vermelhas, que nos atrapalharam na hora de testar o acerto com os pneus novos. Por isso, eu dei apenas uma volta nestas condições e acabamos não encontrando o melhor acerto para a classificação. Arriscamos um novo setup para a tomada de tempos e melhoramos muito o carro. Mas, na volta boa dos pneus, eu cometi um pequeno erro, saí da pista, e isso me custou alguns décimos. Mas acho que foi muito positivo. Estou largando logo atrás do Fábio e como o melhor estreante na etapa. Espero realizar uma largada boa, evitando acidentes para entrarmos na briga durante a corrida.

Ricardo Zonta, 27º colocado: Foi uma pena, a gente tinha potencial para ter os dois carros lá na frente do grid, mas estamos empenhados em encontrar o que está deixando a traseira do meu carro solta, prejudicando nossa performance nas curvas de alta velocidade, que são cruciais aqui.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.