Stock Car – Comentários de sábado – Curitiba 2015

sábado, 1 de agosto de 2015 às 15:47

Átila Abreu

Átila Abreu, 5º colocado: Conseguimos encaixar bem os trechos e fechar uma boa volta lançada. É positivo largar mais à frente e vamos trabalhar para somar o máximo possível de pontos nesta rodada dupla.

Ricardo Zonta, 9º colocado: Obviamente nossa expectativa era brigar pela pole position depois que fiz o melhor tempo no treino de manhã, mas a temperatura da pista mudou bastante entre uma sessão e outra e com isso não conseguimos extrair a mesma performance com a pista mais quente. Em todo caso, sabemos que temos um carro muito rápido para a corrida e largando na quinta fila podemos brigar por um lugar entre os primeiros nas duas provas.

Felipe Fraga, 11º colocado: O carro está muito bom. Fizemos uma tomada boa para o momento em que entramos na pista. Depois a pista deu uma esfriada para os últimos dois grupos e acabei perdendo algumas posições. Agora é tentar fazer uma boa largada para buscar o melhor resultado possível amanhã. Estou feliz pelo Marcos (Gomes) e por toda a equipe Voxx Racing pela pole e pelo excelente trabalho que todos vem fazendo.

Valdeno Brito, 12º colocado: Desde o primeiro dia de treinos, ainda na quinta-feira, a gente esteve muito competitivo, mas hoje no classificatório não tivemos um rendimento tão bom quanto o esperado. Mas nossas chances seguem altas para amanhã, porque estamos perto do nosso objetivo, de ficar entre os dez primeiros para assim poder brigar pelo pódio tanto na prova 1 com uma estratégia mais ousada ou na 2 aproveitando-se da inversão do grid no top-10.

Júlio Campos, 13º colocado: Achei melhor começar a acelerar de vez na segunda volta, mas na terceira, que deveria ser a melhor, o Daniel Serra rodou e levou um monte de sujeira para a última curva. Mas a verdade é que esta pista tem sido sempre complicada para a gente.

Diego Nunes, 14° colocado: Esperávamos ir um pouco melhor, e os pilotos que entraram no final da tomada de tempo melhoraram muito. Mas sabemos que o nosso carro de corrida está muito bom. Vamos trabalhar para fazer pódio na segunda corrida deste domingo. O Mauro (Vogel) sempre nos dá carros muito bons. Juntando isso, com o fato que já venci aqui e que fui o mais rápido no início desta temporada me dá tranquilidade para buscar mais um pódio na nesta pista.

Denis Navarro, 15º colocado: Ficamos abaixo da nossa própria expectativa, mas isso não nos tira da briga por um pódio porque temos um carro competitivo. Esperávamos largar entre os cinco primeiros colocados, mas agora vamos nos debruçar em cima das planilhas e gráficos para encontrar os problemas e acertar uma estratégia que nos leve para frente na rodada dupla.

Gabriel Casagrande, 16º colocado: Foi uma classificação difícil. Teve uma mudança muito grande de temperatura no horário da classificação e meu carro não se comportou como eu esperava. Tinha deixado o carro do jeito que eu precisava no frio da manhã, para que no calor ele se comportasse do jeito que eu queria, mas não aconteceu. Aí tive alguns problemas. A traseira estava muito solta acabei quase rodando na minha última volta, onde eu estava sendo mais rápido. Já estava dois décimos mais rápido e acho que vinha um ou dois décimos também e eu poderia ter ficado entre os dez, mas não foi ruim 16º é uma posição bem confortável ainda no meio do grid.

Bia Figueiredo, 20ª colocada: Foi uma classificação muito boa, a melhor que tivemos no ano. A equipe fez um grande trabalho, pois com todas as dificuldades que tivemos desde o começo da temporada e também com base na última corrida aqui em Curitiba, eles conseguiram arrumar para hoje. Não está o ideal que a gente espera, que é ficar entre os dez primeiros, mas já estamos melhores, e falando de uma diferença de milésimos de segundos dos líderes do grid, com uma melhora que nos deixa respirar. Estou feliz!

Fábio Fogaça, 22º colocado: Tivemos um avanço bom, mas acabei cometendo um errinho no final do classificatório, o que me custou algumas posições, já que é muito apertada a disputa do grid. Mas na Stock é assim. Atrás de mim, tem quatro pilotos que já ganharam corridas na categoria. Se pegar na frente, são todos pilotos com nível internacional, então a gente fica chateado por não ser uma posição tão boa, mas acredito que estamos fazendo um trabalho legal. Agora é ir pra cima amanhã e buscar o melhor resultado possível.

Sergio Jimenez, 23º colocado: Dá para trabalhar para a segunda corrida. A categoria está provando mais uma vez competitividade e o que temos que fazer é fugir dos acidentes da largada e poupar o carro para a segunda corrida porque na primeira vai ser bem difícil de escalar o pelotão. Temos que pensar nisso para nos beneficiarmos para a segunda corrida.

Antonio Pizzonia, 25º colocado: Há algo muito errado e não é o acerto. Precisamos virar o carro do avesso e tentar descobrir o que é. Não é possível que o mesmo carro que foi tão bem neste mesmo circuito há dois meses hoje estivesse ruim desse jeito em todos os pontos do traçado.

Vitor Genz, 27º colocado: Uma boa largada será fundamental já que a primeira curva é travada. Temos que nos proteger, porém, de qualquer toque ou acidente que prejudique a prova.

Raphael Abbate, 30º colocado: A gente fez o treino livre pela manhã, quando a temperatura estava bem mais baixa, e achamos um bom acerto para o carro. Mas infelizmente no horário da classificação, ao meio-dia, a temperatura subiu muito e mudou bastante a reação do carro. Ele ficou mais traseiro e acabei não conseguindo fazer voltas boas. Agora vamos para amanhã. Tentar trabalhar num acerto bom pra corrida, fazer uma boa largada e tentar pontuar.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.