Stock Car – Comentários de domingo – Velocitta 2021

domingo, 20 de junho de 2021 às 16:32

Gabriel Casagrande

Gabriel Casagrande, P3/P14: Das quatro corridas consegui pontuar em três. Chegamos bem perto do objetivo traçado e, o mais importante, assumir a vice-liderança do campeonato abrindo uma vantagem sobre os demais competidores.

Ricardo Zonta, P10/P1: Muito bom saber que estou em terceiro no campeonato e muito próximo do segundo. Larguei mal na primeira bateria, fiquei por fora na primeira curva e perdi posições. Invertemos a estratégia para pontuar bem na segunda e deu certo, conseguimos vencer aqui e sair com muitos pontos importantes no campeonato para entrar de vez na briga pelo título.

Thiago Camilo, P11/não terminou: Nosso carro não esteve entre os mais rápidos em nenhum momento no fim de semana. Vamos trabalhar para recuperar o tempo perdido em Cascavel, na próxima etapa.

Cacá Bueno, P11/não terminou: Foi uma pena, porque a nossa equipe preparou o carro para a corrida 2, fazendo um reabastecimento longo na prova 1 para na etapa seguinte só fazer o pit stop obrigatório para troca de um pneu. Chegamos em 12º lugar e éramos o primeiro no grid entre aqueles que já não precisavam abastecer, o que significaria um potencial para lutar pelo pódio ou pelo menos um top-5. Mas aí o carro entrava em modo de segurança e isso me fazia perder rendimento e optamos pelo abandono. E foi algo que aconteceu com a gente na rodada dupla de sábado também e vi que outros pilotos tiveram problemas de motor parecidos. A fornecedora é única para todas as equipes e sempre faz um grande trabalho, mas talvez nesta etapa alguma situação possa ter ocorrido para explicar estas falhas em algumas equipes, não apenas a nossa. A nossa posição atual no campeonato não reflete o potencial de nossa equipe. A gente tem tudo para brigar pelo pódio nas corridas seguintes, mas como tivemos problemas em três das quatro corridas neste final de semana, perdemos pontos preciosos. Agora temos que buscar a recuperação já a partir da etapa de Cascavel.

Cesar Ramos, P13/P3: Não conseguimos um carro rápido para a classificação, e isso somado ao fato de eu estar carregando 20 quilos de lastro pela minha posição no campeonato me fez não passar para o Q2 e largar em 16º. Optamos por tentar pontuar nas duas corridas, diferentemente de muitos pilotos que nessa situação desistem na primeira prova, poupam o carro, trocam os quatro pneus e tentam chegar no pódio na segunda. Cheguei em 13º na Corrida 1 e sinceramente a gente não esperava brigar pelo pódio na Corrida 2, apenas ir para frente, pois fizemos um pit stop com reabastecimento e sabíamos que não precisaríamos botar combustível na segunda parada. A equipe fez um trabalho fantástico no pit – aliás, fez em todos os pits – e conseguimos esse pódio que significa muito, muito mesmo. Marcar bons pontos em um momento em que nossa performance ainda está longe do ideal será importante para brigarmos pelo título, pois sei que vamos melhorar daqui para a frente.

Átila Abreu, P14/P15: Foi um fim de semana que não podíamos ir mal e nós fomos mal. A rodada dupla era muito importante em questão de pontuar pois eram quatro corridas. Teve gente que chegou entre os últimos aqui e sai entre os líderes, já conosco foi o contrário, chegamos bem e perdemos muitos pontos e despencamos na tabela. Fim de semana com performance abaixo, sem ritmo do carro apesar do sexto lugar ontem. Hoje os carros não foram rápidos e desgastaram muito os pneus. Vamos usar essa corrida como experiência e como descarte para aprender e melhorar a performance para as próximas etapas, confio muito no time para acertarmos o carro e voltar a andar na frente.

Felipe Massa, P16/P16: Foi mais um dia difícil. Na primeira corrida, eu tinha um ritmo bom, optamos por uma parada mais longa, para trocar três pneus e encher o tanque, pensando na segunda corrida. O 16º lugar até que foi um bom resultado. Na segunda, larguei bem, freei tarde e por fora para ninguém me acertar, mas não adiantou: fui tocado na traseira, caí para último e acabou a estratégia. Era pra chegarmos entre os cinco primeiros, mas acabei novamente em 16º. Uma pena. A gente sabe que tem muitos toques na Stock, mas precisam ser dentro das regras. Sigo aprendendo, em breve as coisas vão entrar no rumo e vamos com tudo para a próxima.

Julio Campos, P18/não terminou: Tínhamos um ritmo melhor que nas corridas de ontem. Tentamos chegar em décimo na corrida 1 para largar na pole da corrida 2, mas quando estávamos em 12º, vimos que não daria e mudamos a estratégia para ir ao pódio na corrida 2. Paramos para trocar pneu no fim da primeira corrida já pensando na segunda. Estávamos muito rápidos, mais rápido que o César Ramos, que chegou em terceiro, mas entramos no box numa hora que tinha muitos carros parando também. Quando acelerei para sair do pit, houve um toque com o Mathias Rossi, que quebrou a minha roda. Uma pena, porque foi mais uma possibilidade de pódio que não se concretizou.

Galid Osman, P19/P18: Foi o fim de semana que eu comecei mais rápido e não conseguimos aproveitar isso. O carro perdeu muito desempenho para o sábado e eu errei também. Me envolvi em acidentes ontem e não foi bom. Tentamos mudar o carro para reverter os resultados e conseguir mais velocidade. Larguei de 15º e optei por priorizar a segunda parando e trocando os quatro pneus. Na segunda corrida a sorte não estava com a gente, me envolvi em dois acidentes, um com o Massa e um com o Camilo e não consegui render o esperado.

Nelsinho Piquet, P23/não terminou: Foi um fim de semana complicado para nós. Enfrentamos problemas com o carro e isso acabou prejudicando o resultado. No sábado tivemos um acidente forte com meu parceiro, o que também atrapalhou o andamento dos trabalhos. Agora temos que pegar todas as informações colhidas neste final de semana e trabalhar para encontrar o caminho ideal e conseguir melhores resultados.

Beto Monteiro, P25/P11: Foi um final de semana muito bom e de aprendizado para mim. Foram quatro corridas, então em cada prova nós fomos adquirindo mais informações e crescendo junto com a equipe. Mesmo tendo recebido uma batida na corrida 2 de hoje, que deixou o volante do carro um pouco torto, nós tínhamos um bom ritmo. Faltou muito pouco para nosso top-10 hoje e talvez ele viesse não fosse isso, mas estou muito contente com o desempenho e com nosso potencial. Chegamos a ser um dos três carros mais rápidos da prova 2 em ritmo de corrida. Nosso foco agora é a próxima etapa da Copa Truck em Interlagos, onde os caminhões sempre proporcionam um grande espetáculo e esperamos seguir fortes em busca de mais um título.

Lucas Foresti, não terminou: A equipe está de parabéns. O carro está muito bom. Agora é revisar o carro e partir para Cascavel. É uma pista que já fiz segundo lugar e que gosto bastante.

Bruno Baptista, não terminou: Faltou um pouco de sorte. Uma pena. Na sexta-feira e no sábado o carro estava bom, tanto que terminei a primeira corrida da terceira etapa, no sábado, em oitavo lugar. E na segunda, mesmo depois de tomar toques e ficar com o carro desequilibrado, consegui correr até o fim. Mas este domingo foi aquele clássico dia para esquecer. Vamos focar na próxima corrida, em julho, em Cascavel.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.