Stock Car – Comentários de domingo – Curitiba 2020

domingo, 8 de novembro de 2020 às 15:42

Ricardo Zonta

Thiago Camilo, P1/P7: A gente vem trabalhando muito duro durante o ano todo, não fomos bem na etapa inicial, estamos evoluindo bastante. Eu sabia que quinto lugar no campeonato não era uma posição à altura do nosso potencial, tinha muita confiança em um bom resultado aqui, mas fazer as duas poles, ganhar duas corridas e ainda pontuar bem na terceira é demais. Hoje novamente nossa equipe usou uma estratégia diferente para descasar do Salas o momento de uso do botão de ultrapassagem, e deu certo de novo. Foi uma ultrapassagem difícil e uma defesa de posição mais difícil ainda na última volta, mas conseguimos mesmo com o carro mais pesado.

Denis Navarro, P3/P25: Quero agradecer à equipe o trabalho que fizeram. A estratégia foi perfeita. Lógico que queríamos esse pódio para levantar o astral de novo. Foi o segundo o pódio no ano. Vamos pegar essa energia boa para terminar o ano por cima e conseguir mais ótimos resultados em Goiânia e Interlagos. Vamos para cima nas próximas.

Rubens Barrichello, P5/P4: Eu diria que, por todo o esforço da equipe ontem em desmontar o carro e procurar todo o problema de falta de velocidade, que vínhamos enfrentando, valeu a pena. Saímos da etapa deste domingo com 34 pontos. Mesmo assim, marcamos 10 pontos a menos que o Thiago Camilo, que vem numa tocada excelente, andando muito forte. Ele se torna o ‘ponto de partida’ pra quem quer ganhar o campeonato. Já não é mais uma questão de sobrevivência. É a luta para ver quem chega na última etapa em condições muito boas de ganhar. Mas eu saio daqui feliz, porque fizemos pontos bem acolhedores que nos levam de volta para a briga do campeonato.

Ricardo Zonta, P6/P5: Graças a Deus deu para fazer duas boas corridas. Claro que largamos lá atrás por estarmos tão pesados com combustível e lastro de performance. Nosso carro sente muito o peso, de 25 kg ou 20 kg que carrego a mais. O carro perde muito em eficiência na classificação, e temos de ver o que está acontecendo. Mas na corrida deu para vir para cima, o ritmo do Toyota é muito bom, deu para fazer várias ultrapassagens, o pit foi rápido, colocando combustível para a segunda prova. Economizei bastante push na primeira, então, além de ter combustível, tinha push para a segunda. Perdi um pouco de tempo no começo da segunda corrida com o Julio Campos, senão daria para tentar brigar pelo pódio, mas estou muito contente de sair do fim de semana vice-líder ainda. Temos de aprender com os erros deste fim de semana para ir para cima e ganhar as próximas corridas. Com certeza é um ânimo correr em duas pistas nas quais eu venci neste ano, em Goiânia e Interlagos. Nosso carro Toyota se comportou muito bem. Principalmente em Interlagos, sem peso nenhum, com todos de igual para igual, vamos nos sobressair lá com o carro que temos, e vamos trabalhar para Goiânia. Será mais um fim de semana com três corridas, então temos de pontuar e colocar na mão do Polenta para fazer o carro direitinho para a classificação de Goiânia.

Júlio Campos, P7/P8: No sábado, o carro estava um pouco complicado, tínhamos bastante problemas nas retas. Domingo, encaixamos uma volta boa na tomada e larguei em terceiro. Conseguimos melhorar o carro, mas os problemas nas retas não conseguimos resolver, o que só vamos conseguir fazer na oficina. Ficamos sofrendo nas retas nas duas corridas. Buscamos fazer ambas da melhor forma possível. Vamos tentar levantar um pouco nossa performance no campeonato que é o que a gente precisa.

Gabriel Casagrande, P10/P1: A equipe foi fantástica, quero muito dedicar esta vitória a todos da RMattheis por terem feito um trabalho incrível, tanto no pit stop quanto no carro. Ontem a gente teve dificuldades, mas conseguimos um bom ritmo hoje para vencer a prova 2. O Nelsinho (Piquet) vinha com quatro pneus novos, mas consegui administrar a vantagem e subir no campeonato. Sabemos que teremos duas etapas que não são tão boas para o Chevrolet, como Goiânia e Interlagos, com grandes retas, mas vamos seguir lutando.

Pedro Cardoso, P13/P19: No sábado foi uma corrida bem movimentada, com muitos acidentes e a gente se livrou de quase todos. Largando de 22º a gente já estava com uma corrida comprometida, sendo que seria uma prova única, mas ainda conseguimos salvar um 15º lugar. No geral foi um fim de semana bacana, de muito aprendizado. Na primeira corrida de domingo veio um resultado bom, até melhor do que o esperado. Para a segunda corrida, logo na terceira volta alguma coisa fez o carro perder rendimento e vamos tentar descobrir o que aconteceu. Eu espero que em Goiânia a gente tenha resultados melhores. Vamos trabalhar bastante neste intervalo para performar melhor nas próximas etapas.

Rafael Suzuki, P14/P16: A gente ganha junto e perde junto. Este fim de semana foi muito ruim. Na etapa de hoje, não encaixamos uma estratégia certeira e o ritmo não era suficiente. Vamos analisar tudo o que aconteceu, e buscar soluções, mas vamos lá. Daqui 15 dias já temos mais um fim de semana intenso em Goiânia e vamos lutar para recuperar os pontos perdidos.

Nelsinho Piquet, P15/P2: Não marcamos tantos pontos quanto gostaríamos, somando as três corridas do fim de semana, mas terminamos com um pódio. Gostaria de agradecer à Texaco, aos mecânicos, que fizeram um pit stop excepcional e ao meu engenheiro, pois traçamos uma estratégia muito boa também. Vamos continuar trabalhando, pra ter mais velocidade em Goiânia e fazer mais pontos, pra tentar chegar com chances no campeonato em Interlagos.

Gaetano di Mauro, P17/P23: Estou contente com a evolução do nosso carro, estamos cada vez mais acertando o carro. Conseguimos dar um bom feedback, levantar bem o equilíbrio do carro, agora é só acertar os detalhes. Fiz algumas outras estratégias para as corridas de ontem e hoje. A classificação não era muito o foco, mas sim a corrida. Hoje tínhamos tudo preparado para a corrida 2, estava tudo funcionando normalmente, mas alguma coisa estourou no meu freio, e o pedal parou de funcionar. Fiquei zero freio, temos de entender o que quebrou e corrigir para a próxima. Mas tínhamos tudo planejado para terminarmos no top 5 na corrida 2.

Lucas Foresti, P21/P10: Como íamos largar de trás na corrida 1, escolhemos mudar nossa estratégia e largar do box. Acho que essa foi a melhor escolha mesmo, assim pudemos poupar combustível e evitar um maior desgaste do pneu. Na corrida 2 tive que forçar o ritmo desde o início. Consegui superar um grande número de adversários e acho que no final conquistamos um bom resultado. Fico muito feliz por ter vencido o Fan Push em mais uma etapa. Ganhamos em todas as corridas em que pudemos ser votados, então eu só tenho a agradecer a todo mundo que me acompanha nas redes sociais e me ajuda a vencer essa votação.

Átila Abreu, P22/P15: Fim de semana difícil é pouco. Meu carro não tem performance, desconecta o cabo do volante, depois o carro não anda e não tem desempenho, ficamos lá atrás mesmo sem precisar abastecer, saí de 20º para chegar em 14º ou 15º. Temos de rever as coisas, não dá para ficar brigando lá atrás.

Galid Osman, P24/P12: Hoje demos um passo para trás em comparação a ontem. Ainda por cima, tive uma quebra de uma mangueira que soltou e jogou óleo no meu carro inteiro. Fomos para a segunda corrida preparados para não precisar abastecer. Mas nosso carro era muito ruim nas corridas, tanto eu como o Átila ficamos lá atrás o tempo todo, então é uma pena. Vamos tentar evoluir para Goiânia, onde foi a nossa melhor corrida neste ano.

Matías Rossi, P25/P11: Não tivemos um bom dia. Largamos na primeira corrida e já levei um toque atrás, na roda traseira direita. Tive de parar para consertar o carro e abandonamos, porque o dano era muito grande. Larguei atrás na segunda corrida e pudemos avançar um pouco e chegar em 11º. Mas, o ocorrido na primeira corrida complicou toda a etapa. São coisas que acontecem e vamos com tudo para Goiânia.

Já ouviu o último Loucos por Automobilismo? Clique na imagem abaixo!

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.