Stock Car – Campos confirma boa fase e sai na quarta fila neste domingo em Goiânia

sábado, 2 de agosto de 2014 às 17:03

Júlio Campos

O veterano Rubens Barrichello (Full Time) conquistou neste sábado a pole da Corrida do Milhão, quinta etapa da temporada da Stock Car. O ex-piloto da Fórmula 1 sairá na frente da categoria pela segunda vez desde a estreia em 2012, repetindo o resultado do ano passado em Cascavel. Comprovando a fase de crescimento da equipe Prati-Mico’s Racing, o paranaense Júlio Campos partirá em 7º, abrindo a quarta fila. Quinto colocado no campeonato a apenas nove pontos do ponteiro, Campos foi beneficiado com o mau resultado do líder Marcos Gomes (Nova Schin), que partirá apenas em 23º. A corrida começará às 10h30 e terá 50 minutos mais uma volta de duração, com transmissão ao vivo pela TV Globo.

Com as posições do grid definidas, as preocupações das equipes e pilotos se voltam agora para a estratégia de prova. É obrigatória a troca de ao menos um pneu, entre as voltas 9 e 14, e o traseiro esquerdo costuma ser o mais sacrificado no circuito da capital goiana. Outra variável é o consumo de combustível. Os tranques com capacidade de carregar 103 litros de etanol não têm autonomia para a distância total, a menos que uma entrada do safety car reduza acentuadamente o consumo. “Vamos pensar direitinho e levar tudo em consideração, inclusive o desgaste dos pneus”, afirmou Campos.

Depois de passar para a segunda parte do treino classificatório em 5º, Campos sonhava com um lugar mais à frente no grid. “Faltou um pouco de grip geral. O carro estava um pouco dianteiro, mas em algumas curvas saía de traseira”, explicou. Ele reconheceu que o maior problema estava no curto trecho 1 do traçado, mas o máximo que poderia almejar seria o quinto lugar caso tivesse feito uma volta perfeita.

O amazonense Antonio Pizzonia, companheiro de equipe de Campos, largará em 12º. Mas mantém a confiança num bom resultado e, quem sabe, repetir a vitória de Santa Cruz do Sul e colocar a mão na bolada de um milhão de reais oferecida pelos organizadores. “Não consegui dar mais do que uma volta rápida porque fui atrapalhado em minha segunda tentativa. Mas, olhando por outro lado, nossas chances continuam boas, porque quem larga a partir da sexta fila, como é o meu caso, terá os pneus em melhores condições no começo da prova porque hoje demos menos voltas”, lembrou.

Gomes não foi o único dos favoritos a decepcionar. O pentacampeão Cacá Bueno (Red Bull) foi alojado já na primeira parte do qualifying e terminou somente em 16º. Outros dos últimos campeões também ficaram com as probabilidades de êxito bastante comprometidas, como os parceiros de equipe na RC, Ricardo Maurício e Max Wilson, que ficaram respectivamente na 20ª e 24ª colocações. O diretor-técnico da Prati-Mico’s Racing comemorou os resultados gerais. “Tenho certeza que nossos carros estarão bem na prova e, olhando pelos campeonatos de equipes e pilotos, são grandes as chances de sairmos daqui melhores do que chegamos.”

EB - www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.