Stock Car – Cacá Bueno vence a segunda em três etapas no Velopark

domingo, 6 de maio de 2012 às 13:33

Stock12-CBueno615
Cacá Bueno (Red Bull Racing) já conhecia o sabor de vencer diante do fanático torcedor gaúcho. Até já comemorou alguns títulos e triunfos no Rio Grande do Sul. Mas neste domingo, na 3ª etapa da Copa Caixa Stock Car, ele conquistou pela primeira vez a vitória na categoria correndo no traçado de 2.278 metros do Autódromo Internacional Velopark. Ele já havia marcado três poles na pista. A dupla da Eurofarma RC, Ricardo Maurício e Max Wilson, completou o pódio em segundo e terceiro lugares, respectivamente. Cerca de 36 mil pessoas estiveram no complexo automobilístico durante a prova.

“Não tinha vencido aqui no Velopark, né? Mas só na Stock Car eu acho que são duas vitórias em Santa Cruz do Sul, duas ou três em Tarumã, uma em Guaporé…”, lembrou o dono do carro #0. “Eu sabia que precisava ganhar essa, chegar entre os três pelo menos, porque a quebra em Curitiba (2ª etapa) me jogou muito para trás na classificação. A vitória veio em boa hora”, completou Cacá, que admitiu não ter feito a largada ideal, porque chegou a perder a primeira posição para Ricardinho. “Sabia que não tinha como defender e pensei no campeonato.”

Ricardo Maurício ainda não venceu neste ano. Foi de novo ao pódio (2º em Interlagos) depois de sair do terceiro posto. De quebra, manteve a liderança da classificação deste campeonato. “A largada foi muito boa. A temperatura estava muito baixa e acho que aqueci mais os pneus e isso contou para superar o Cacá na primeira curva. Ele foi muito justo na manobra, pensou corretamente no campeonato, porque a regularidade vai fazer a diferença. No final da corrida, não tinha mesmo como chegar e fiquei esperando por um erro dele. Mas o resultado foi ótimo”, falou Ricardinho.

Quem também fez uma excelente largada foi Max Wilson. E foi justamente ali que a corrida ficou clara para o piloto do carro #65 da equipe de Rosinei Campos. Ele saiu da sétima para a terceira posição, e escapou do acidente na primeira curva que acabou sobrando para oito carros: Lico Kaesemodel (Credipar RCM), Luciano Burti (Itaipava Racing Team), Vitor Meira (Officer ProGP), Thiago Camilo (Ipiranga RCM), Átila Abreu (Mobil Super Pioneer Racing), Allam Khodair (SER-Glass Vogel), Eduardo Leite (Hot Car Competições) e Marcos Gomes (Medley FullTime Sports).

“A largada foi muito boa sim, cheguei na primeira curva lado a lado com o Marquinhos Gomes, todo mundo acabou se tocando, consegui passar sem nenhum problema. Olhei para trás e não vi ninguém por causa da fumaça, mas na volta seguinte tinha um monte de carro parado. Depois, não tinha ritmo para chegar nos dois primeiros. Foi uma corrida definida na largada porque depois fiquei sozinho a prova toda. Mas estou feliz por estar de novo no pódio com uma pontuação boa. Faltam muitas provas ainda. Ter os dois carros da Eurofarma RC no pódio é muito legal. Vamos para as próximas”, disse Max Wilson.

Após três das 12 corrida da temporada, Ricardinho Maurício é o líder com 55 pontos. Valdeno Brito (Shell Racing), que largou em segundo e chegou na quinta posição, é o vice-líder com 50 pontos. Daniel Serra (Red Bull Racing) foi quarto no Velopark e pulou para a mesma posição (47 pontos), à frente de Cacá Bueno (44). Max Wilson é o sexto (38 pontos).

O próximo compromisso da Copa Caixa Stock Car 2012 será daqui duas semanas nas ruas de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo, dia 20 de maio. Será a 3ª edição da prova que tem levado as emoções da principal categoria do automobilismo brasileiro aos fãs que moram na cidade que tem a oitava maior população do Estado de São Paulo, com pouco mais de 600 mil habitantes. Nas duas edições disputadas no circuito de rua, Átila Abreu levou a melhor e ganhou o apelido de ‘Rei de Ribeirão’.

Resultado da 3ª etapa da Copa Caixa Stock Car 2012 – Nova Santa Rita (RS)
(Autódromo Internacional Velopark, traçado misto, extensão: 2.278 metros)

1.º) Cacá Bueno, Red Bull Racing (Chevrolet) – 40 voltas, em 41min06s192 (média: 133,01 km/h)
2.º) Ricardo Mauricio, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 1s354
3.º) Max Wilson, Eurofarma RC (Chevrolet) – a 4s660
4.º) Daniel Serra, Red Bull Racing (Chevrolet) – a 5s717
5.º) Valdeno Brito, Shell Racing (Peugeot) – a 14s405
6.º) Ricardo Zonta, Linea Sucralose Racing Team (Chevrolet) – a 15s312
7.º) Denis Navarro, Neoquimica Vogel Motorsport (Chevrolet) – a 19s677
8.º) Galid Osman, BMC Racing (Chevrolet) – a 22s293
9.º) Nonô Figueiredo, Mobil Super Pioneer Racing (Chevrolet) – a 24s584
10.º) Diego Nunes, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 25s782
11.º) Rodrigo Sperafico, Prati-Donaduzzi Racing (Peugeot) – a 29s560
12.º) Alceu Feldmann, Shell Racing (Peugeot) – a 34s054
13.º) David Muffato, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 35s268
14.º) Xandinho Negrão, Medley FullTime Sports (Peugeot) – a 38s332
15.º) Duda Pamplona, Officer ProGP (Chevrolet) – a 42s799
16.º) Pedro Boesel, Comprafacil JF Racing (Peugeot) – a 44s083
17.º) Antonio Pizzonia, Comprafacil JF Racing (Peugeot) – a 45s169
18.º) Ricardo Sperafico, Prati-Donaduzzi Racing (Peugeot) – a 4 voltas
19.º) Julio Campos, Carlos Alves Competições (Peugeot) – a 6 voltas
Não completou 75% (= 30 voltas)
20.º) Popó Bueno, Linea Sucralose Racing Team (Chevrolet) – a 16 voltas
21.º) Tuka Rocha, BMC Racing (Chevrolet) – a 31 voltas
22.º) Marcos Gomes, Medley FullTime Sports (Peugeot) – a 35 voltas
23.º) Eduardo Leite, Hot Car Competições (Chevrolet) – a 39 voltas
24.º) Allam Khodair, SER-Glass Vogel Motorsport (Chevrolet) – a 39 voltas
25.º) Atila Abreu, Mobil Super Pioneer Racing (Chevrolet) – a 40 voltas
26.º) Thiago Camilo, Ipiranga RCM (Chevrolet) – a 40 voltas
27.º) Vitor Meira, Officer ProGP (Chevrolet) – a 40 voltas
28.º) Luciano Burti, Itaipava Racing Team (Peugeot) – a 40 voltas
29.º) Lico Kaesemodel, RCM Credipar (Chevrolet) – a 40 voltas
Melhor volta: Cacá Bueno (Red Bull Racing), com 55s264 (média: 148,39 km/h)

EB – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.