Stock – Asfalto abrasivo é motivo de preocupação no Rio

quarta-feira, 29 de junho de 2011 às 17:18

stock11-rio-de-janeiro-largada-350O desgaste excessivo dos pneus, por conta de um asfalto muito abrasivo, foi a maior preocupação dos pilotos da Stock Car na etapa de Campo Grande (MS) e deve voltar a ser o principal problema neste final de semana, no Rio de Janeiro, onde será disputada a sexta etapa do campeonato.

Como explica Tuka Rocha, da equipe BMC-Vogel, a pista de Jacarepaguá, assim como a da capital sul-matogrossense, está entre as mais sujas e abrasivas da temporada. E agora com um agravante: os competidores começam os treinos com os compostos usados na última etapa.

“Isso torna a busca pelo acerto do carro muito complicada. Em Campo Grande nós começamos os testes com os pneus do Velopark. A situação era bem mais confortável. Agora vamos abrir o final de semana usando compostos muito desgastados”, avaliou Tuka.

Mas não são apenas as condições dos pneus que chegam a Jacarepaguá que tornam a sexta etapa da temporada 2011 imprevisível. A possibilidade de chuva no sábado, dia em que os pilotos decidem a formação do grid, pode trazer surpresas. E subir de produção durante as tomadas classificatórias é justamente um dos objetivos de Tuka Rocha.

“Desmontamos o carro inteiro, identificamos problemas que ainda não tinham aparecido e acredito que agora estaremos muito mais competitivos. Focamos muito em ter uma análise total, um trabalho de checagem mesmo. A expectativa é de que nosso carro passe a se comportar muito melhor. Então estou encarando esta prova como um divisor de águas no ano”, completou o piloto.

As atividades de pista no Rio de Janeiro começam na sexta-feira, com os primeiros treinos livres. A corrida será no domingo, às 11h40, com transmissão ao vivo do Sportv e compacto com chegada na Rede Globo, dentro do Esporte Espetacular.

FH – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.