Rosberg: “Economizar combustível está na F1 há décadas”

quinta-feira, 18 de junho de 2015 às 14:13

Alain Prost em Hockenheim sem combustível

Nico Rosberg minimizou a importância de desacelerar para economizar combustível na F1 moderna, apontando que tem sido um fator por décadas.

A quantidade de pedidos de poupar combustível solicitado aos pilotos foi no centro das atenções no GP do Canadá, porque a pista de Montreal tem um consumo alto de gasolina.

Mas depois de reclamações que há muita economia de combustível durante as corridas no momento, Rosberg disse na Áustria que isto não é nada de novo.

“Desacelerar é a forma mais eficiente para economizar combustível – eles já faziam isso nos anos 80”, disse ele. “Lembro-me de meu pai (Keke) economizar quando estava correndo com Alain Prost na McLaren”.

“Eles tiveram que economizar combustível, porque todo mundo tinha pane seca nos finais das corridas. Então nada mudou, só que se tornou mais profissional, mais preciso, e mais detalhado”.

Rosberg também rejeitou sugestões de que isso significa que os pilotos não estão forçando o máximo durante as corridas onde a economia de combustível é crítica.

“Mesmo se você estiver fazendo isso (desacelerando), ainda estamos dirigindo no limite absoluto do carro”, disse ele. “É apenas um tipo diferente de estilo de condução, e mesmo este estilo é muito desafiador. Você ainda está forçando como um louco, está apenas pilotando de uma maneira diferente”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.