Ricardo Maurício faz a pole position da Stock Car em Curitiba

sábado, 31 de julho de 2021 às 17:45

Ricardo Maurício

Ricardo Maurício larga na frente na sexta etapa da temporada 2021 da Stock Car Pro Series, que acontece neste domingo (1) em Curitiba. A cidade, que amanheceu com -1ºC, teve dia ensolarado para as atividades preparatórias e a definição do grid de largada. Maurício marcou 1min20s515 e colocou 0s112 sobre seu companheiro de equipe na Eurofarma-RC e líder do campeonato, Daniel Serra.

O piloto do carro #90 se mostrou, de certa forma, aliviado depois dos obstáculos enfrentados na temporada em que defende o título de 2020. Uma punição na primeira etapa, o fato de ter perdido a corrida de Interlagos por ter sido infectado com o Covid-19 e neste sábado (31) o que ele considerou “um trabalho impecável” de sua equipe. Com os dois pontos conquistados com a pole, Ricardo Maurício soma 82 e aparece na 13ª colocação no campeonato.

No Q3, fecharam os seis primeiros Gabriel Casagrande, que sai da terceira posição, Cesar Ramos, Galid Osman e Bruno Baptista. Marcos Gomes, Julio Campos, Rubens Barrichello e Cacá Bueno completam o top-10.

As provas deste domingo (1) têm largada a partir das 13h10 e a transmissão, ao vivo, é dos canais Band, SporTV2 e no YouTube oficial da Stock Car, além do Motorsport.TV e AutoVídeos.

A Confederação Brasileira de Automobilismo anunciou nesta sexta-feira (30) duas decisões finais do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Automobilismo (STJDA). A mais importante devolveu a Lucas Foresti a vitória na Corrida 2 da terceira etapa, realizada no Velocittta. A outra decisão cancelou as punições dadas a nove pilotos por ultrapassar sob bandeira amarela na segunda prova da primeira etapa, em Goiânia.

Novo vencedor – Em sessão virtual realizada ontem (29), a Comissão Disciplinar do STJDA acolheu por unanimidade recurso de Foresti contra a punição imposta pelos comissários desportivos da CBA. O acréscimo de 20s ao tempo final tirou do piloto da equipe KTF a vitória no Velocitta devido a um suposto acionamento incorreto do push to pass. Rubens Barrichello, então segundo colocado, foi homologado como vencedor. A CBA decidiu então não recorrer da decisão, que acabou revalidando o resultado de pista.

Benefício – O STJDA também anulou as punições impostas a Guilherme Salas, Lucas Foresti, Bruno Baptista, Daniel Serra, César Ramos, Thiago Camilo, Denis Navarro, Cacá Bueno e Rafael Suzuki. A decisão foi tomada no dia 22 de julho, já em segunda instância. Apesar de os últimos cinco pilotos não terem entrado com recurso, o Relator do processo decidiu estender o benefício a todos os envolvidos.

Inversão de datas e praças – Promotora da Stock Car Pro Series, a Vicar anunciou nesta sexta-feira (30/07) a inversão de locais das etapas marcadas para os finais de semana de 19 de setembro e 21 de novembro. Mantendo as datas originais, o Autódromo de Goiânia será palco de uma rodada dupla em 18 e 19 de setembro, enquanto a pista de Santa Cruz do Sul sediará a etapa realizada em novembro.

Fala, piloto!
“Primeiro, eu queria agradecer a toda a equipe, nós vínhamos de uma jornada um pouco difícil, em Goiânia tomamos uma penalização, logo depois eu peguei Covid e fiquei fora da corrida de São Paulo, no Velocittà não fui bem, depois tive duas etapas com quebra e agora vindo a pole. Espero que seja a virada, vamos torcer para isso. Essa pole veio num momento muito bom, porque eu somo mais dois pontos no campeonato e largar na frente facilita um pouco a estratégia para amanhã. Estou feliz pela equipe, pelos mecânicos, acho que as coisas começaram a melhorar”.
(Ricardo Maurício, Eurofarma-RC, Chevrolet Cruze #90)
Pole position da sexta etapa (Curitiba-PR)

A pista de Curitiba na ótica da FRAS-LE & FREMAX
“Traçado com curvas de alta velocidade, de raios longos e poucas referências visuais, o que exige uma correta dosagem dos freios para manter o carro no trajeto correto. Além disto, Curitiba possui uma das maiores retas dos circuitos brasileiros, com 980 metros, a qual exige uma frenagem muito forte (alta desaceleração, fazendo o freio atingir temperaturas bastante elevadas nestes pontos) no final da reta principal. Soma-se a isso o fato de haver pelo traçado diferentes texturas da superfície (como concreto na reta e diferentes tipos de asfalto no restante) e também algumas ondulações, o torna as frenagem ainda mais desafiadoras”.
(André Brezolin, engenheiro de projeto FRAS-LE & FREMAX)

Resultado extra-oficial da classificação/grid de largada
1 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze), 1:20.515

2 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze), 1:20.627 a 0.112

3 Gabriel Casagrande (AMattheis/Vogel Motorsport/Cruze), 1:20.939 a 0.424

4 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla), 1:20.985 a 0.470

5 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze), 1:21.089 a 0.574

6 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla), 1:21.210 a 0.695
Q2
7 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze), 1:20.859

8 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), 1:20.898 a 0.391

9 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla), 1:20.965 a 0.458

10 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze), 1:21.031 a 0.524

11 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze), 1:21.072 a 0.565

12 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), 1:21.074 a 0.567

13 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), 1:21.295 a 0.788

14 Christian Hahn (Blau Motorsport II/Cruze), 1:21.385 a 0.878

15 Guga Lima (AMattheis Vogel Motorsport/Cruze), 1:21.402 a 0.895
Q1

16 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla), 1:21.005

17 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), 1:21.063 a 0.447

18 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze), 1:21.147 a 0.531

19 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla), 1:21.159 a 0.543

20 Guilherme Salas (KTF Sports/Cruze), 1:21.194 a 0.578

21 Gaetano di Mauro (KTF Racing/Cruze), 1:21.209 a 0.593

22 Nelson Piquet Jr (MX Piquet Sports/Corolla), 1:21.276 a 0.660

23 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze), 1:21.322 a 0.706

24 Sergio Jimenez (MX Piquet Sports/Corolla), 1:21.335 a 0.719

25 Matias Rossi (Full Time Sports/Corolla), 1:21.381 a 0.765

26 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla), 1:21.398 a 0.782

27 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze), 1:21.447 a 0.831

28 Pedro Cardoso (KTF Racing/Cruze), 1:21.634 a 1.018

29 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze), 1:22.076 a 1.460

30 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze), 1:24.398 a 3.782

31 Beto Monteiro (Crown Racing/Cruze), Sem Tempo

PROGRAMAÇÃO DO EVENTO
Domingo, dia 1º de agosto
12h25 – Resultado Fan Push
13h10 – Largada 1ª prova (30 minutos + 1 volta)
13h48 – Largada 2ª prova (30 minutos + 1 volta)

6ª Etapa – Stock Car Pro Series 2021
PINHAIS (PR)
Autódromo Internacional de Curitiba
Extensão: 3.695 metros
Sentido: horário
Curvas: 8 (6 à direita e 2 à esquerda)

Características técnicas (nível 1 a 5 do menor para o maior):
Abrasividade do asfalto: 3
Força lateral: 3
Nível de exigência dos freios: 5
Pneu mais exigido: traseiro esquerdo

Inauguração: 7 de agosto de 1970
Previsão climática: Tempo ensolarado; mínima de 7ºC e máxima de 14ºC, com 40% de probabilidade de chuva no domingo
Pole position em 2020: Thiago Camilo (1min21s219 e 1min21s548)
Vencedores em 2020: Thiago Camilo e Gabriel Casagrande

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.