Pirelli esperava que a F1 estivesse mais veloz em 2015

Paul Hembery

Paul Hembery, chefe de competição da Pirelli, diz que o equilíbrio melhor dos carros e o fato das equipes terem conseguido ganhar menos velocidade do que se esperava estão contribuindo para a Fórmula 1 ter mais GPs com uma parada.

“Se quisermos ser autocríticos, estamos considerando que os níveis de desgaste e degradação deste ano estão melhores do que no ano passado, e os carros estão maximizando os pneus por um número bem maior de voltas”, declarou Hembery ao site Autosport.

“O Canadá foi uma corrida de uma ou duas paradas, e nós recebemos a tarefa de criar duas ou três, então estamos a algumas voltas disso no momento. A razão é que trabalhamos um pouco no pneu traseiro, e isso permitiu que as equipes equilibrem muito melhor os quatro cantos do carro”.

“Não estamos vendo grandes diferenças entre as equipes neste ano. Elas são mínimas, com mais voltas sendo extraídas dos pneus. O pneu traseiro permitiu que elas acertem o carro de modo diferente e equilibrem as coisas”.

A Pirelli também foi surpreendida pelos ganhos menores do que os esperados das equipes.

Hembery acrescentou: “Não temos visto as melhorias de performance previstas no começo do ano e que foram sugeridas nos testes de inverno e em Melbourne. Houve apenas uma pequena melhoria de ritmo em relação ao ano passado, o que foi uma surpresa”.

“Até mesmo com uma melhoria de dois segundos, você pode imaginar que há muito mais energia indo para o pneu, e isso pode mudar rapidamente o que está ocorrendo em termos de estratégia de corrida, níveis de desgaste e degradação”.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.