Nacional – Khodair inicia no Trofeo Linea e supera marca da Nascar em corridas no ano

quarta-feira, 4 de maio de 2011 às 19:44

stock10-khodair-350Quem pensa que os pilotos que mais correm no mundo são os da Nascar estão enganados. Envolvido em três categorias de turismo nacional este ano, Allam Khodair vai superar a marca da categoria norte-americana, que conta com 41 provas. O piloto já está na disputa da Stock Car e da GT3, inicia neste final de semana a temporada 2011 do Trofeo Linea. Desta maneira, fará nada menos que 44 corridas em 2011 (12 na Stock, 20 na GT e outras 12 com o Linea).

Jornada tripla? Khodair garante que não. “É uma jornada quádrupla!”, brinca o piloto, que teve seu primeiro filho recentemente e agora concilia a carreira nas pistas com as obrigações de pai. “É um pouco complicado, porque vou passar 27 finais de semana longe de casa, correndo. Então sinto bastante falta. Mas curiosamente, por conta dessa carência de estar ao lado dele nos finais de semana, eu passo os dias da semana grudado nele. Dou banho, durmo junto, brinco, acordo de madrugada… é espetacular”, conta.

Por conta do primeiro filho, a decisão de se comprometer com três categorias diferentes este ano não foi fácil. Mas a boa fase nas pistas – ele disputou os títulos da Stock Car e da GT3 até a última corrida em 2010 – fez com que a própria família incentivasse o piloto a embarcar nesta jornada.

“Estou no melhor momento da minha carreira e o fato de aparecerem oportunidades em três excelentes categorias mostra que as empresas que investem no automobilismo e o mercado estão confiando no meu trabalho. É sinal de credibilidade e isso me deixa muito feliz, com vontade de cumprir muito bem meu papel e disputar o título nas 3 categorias”, afirmou Khodair. “Apesar da grande responsabilidade e carga de corridas, o prazer de estar podendo fazer o que mais amo em diferentes categorias é muito grande. Sem contar a oportunidade de estar sempre evoluindo e ganhando mais experiências com diferentes carros”, completou.

Nesta quarta-feira o piloto fez seu primeiro teste com a equipe Greco/Sinal, mas com problemas nos freio e no chicote de injeção do carro conseguiu apenas o 15º tempo do dia com a marca de 1min54s912.  “O saldo do treino é positivo, porque conseguimos encontrar um problema no carro a tempo de resolvê-lo. Se tivéssemos descoberto este defeito só na sexta-feira, todo o final de semana estaria comprometido”, disse Khodair. “E a julgar pelo tempo do meu companheiro André Bragantini [foi o sexto colocado com 1min52s594] já podemos ver que nossa equipe está com um carro bastante competitivo”, finalizou.

FH – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.