Maurício é o mais rápido e Ricci começa bem em Curitiba

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010 às 21:46

stock10-cricci-350Candidato ao título da temporada, o paulista Ricardo Maurício, da Eurofarma RC, foi o mais rápido no primeiro dia de atividades da última etapa da Stock Car, nesta sexta-feira, em Curitiba (PR). Mas a tarde de treinos livres mostrou também um início bastante satisfatório para o gaúcho Claudio Ricci, piloto da Crystal Racing Team. Ele ficou entre os cinco primeiros nas duas sessões e fechou o dia em quinto lugar. “Foi sem dúvida a nossa melhor sexta-feira no ano”, disse Claudio Ricci.

“É muito bom começar o fim de semana assim. O carro chegou muito bem aqui, o acerto base funcionou e isso traz uma confiança grande. Especialmente neste último treino, porque terminamos em quinto bem próximos do segundo colocado”, acrescentou o piloto da Crystal Racing Team. De fato, entre os primeiros colocados só Ricardo Maurício destoou, com vantagem de meio segundo. Os demais apareceram com tempos bem parecidos.

A programação ainda prevê mais um treino livre na manhã de sábado (4). O treino classificatório será às 11h30. “Agora temos que seguir evoluindo, trabalhar nos detalhes, porque em uma categoria competitiva como a Stock Car qualquer pequena alteração pode ser decisiva. De qualquer forma, pelo que vimos hoje, estamos no caminho certo para passar para o Q2 e para o Q3 (segunda e terceira partes do treino classificatório)”, conclui Claudio Ricci.

Uma mudança que fez a diferença nos treinos livres foi a troca do motor de Claudio Ricci. Já havia algumas corridas que o piloto se queixava de problemas e dificuldades com o propulsor. O novo equipamento permitiu um salto de desempenho interessante para a última corrida do ano. “Se não tivermos nenhum problema, é fim de semana para entrar no Q3 e disputar até mesmo a vitória”, analisa Amir Nasr, chefe de equipe da Crystal Racing Team.

“O resultado de hoje mostra consistência. Tem faltado um pouco de sorte para nós, mas estamos novamente competitivos”, revela Amir Nasr. A previsão para o restante do fim de semana é de chuva, mas o chefe de equipe contou que prefere pista seca para dar sequência ao trabalho. Ainda é preciso encontrar o acerto ideal para o companheiro de equipe de Claudio Ricci, o paranaense Ricardo Sperafico, que teve problemas nesta sexta-feira.

“Praticamente não pude aproveitar os treinos, porque estávamos com um problema e só descobrimos o que era na segunda sessão. Mas tenho muita confiança no carro e na equipe e sei que dá para evoluir amanhã”, disse Ricardo Sperafico. O problema era o mesmo que o fez sofrer na corrida de Brasília: o jogo de pneus. “Colocamos os pneus utilizados na corrida de Brasília e por duas vezes o carro piorou. Agora precisamos trabalhar com um jogo novo amanhã”, explicou Amir Nasr.

EB – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.