Lotus preocupada com a direção que a Fórmula 1 está tomando

sexta-feira, 20 de novembro de 2015 às 15:53

Federico Gastaldi

Federico Gastaldi, da Lotus, está preocupado com a direção que a F1 está tomando a menos que seu modelo de negócios seja reformulado.

Com planos propostos para mudanças das regras em 2017 no ar, e com a FIA recentemente abrindo um processo de licitação numa tentativa de introduzir um motor alternativo, a instabilidade financeira continua a afligir algumas equipes, enquanto os chefes de circuitos também estão preocupados com a sua capacidade de continuar a receber corridas.

Gastaldi, que provavelmente tem uma corrida restante em seu cargo atual antes da aquisição da Lotus pela Renault, se esforça para ver onde a F1 está caminhando com tão pouca cooperação acontecendo nos bastidores.

“Eu acredito que é crucial para a F1 rever o seu modelo de negócios”, disse Gastaldi. “Há tantos problemas financeiros na categoria, seja para equipes ou promotores, que é difícil de ver aonde as coisas vão”.

“Eu sei que Bernie Ecclestone e a FIA vêm tentando mudar as coisas, e também sei que as equipes nem sempre são as mais fáceis de trabalhar quando temos que unir forças”.

“Nossas agendas e situações diferem muito e quase sempre são determinadas pela autopreservação”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.