Gaetano Di Mauro e Bruno Baptista vencem a sexta etapa da Stock Car

domingo, 3 de julho de 2022 às 16:05

Bruno Baptista

O sábado de temperaturas agradáveis e tempo aberto deu lugar a um domingo que começou chuvoso e com temperatura na casa dos 13 graus no circuito do Velopark, em Nova Santa Rita (RS), para a disputa da sexta etapa da temporada 2022 da Stock Car Pro Series. Depois das vitórias de Gabriel Casagrande e Nelsinho Piquet no sábado (2), neste domingo (3) o lugar mais alto do pódio foi ocupado por Gaetano di Mauro na corrida 1 e por Bruno Baptista na corrida 2.

A classificação para definição do grid de largada aconteceu com pista molhada e pole position de Marcos Gomes. A chuva parou por volta do meio-dia, mas mesmo assim todos os carros largaram com pneus de chuva e em fila indiana atrás do carro de segurança.

Já na largada, o carro do pole Gomes parou com problemas e o segundo colocado Felipe Baptista assumiu a ponta com Felipe Massa em segundo. Já na primeira intervenção do safety car, com a pista começando a secar, vários pilotos que estavam na metade de trás do pelotão fizeram um pit stop para colocarem pneus de pista seca – ainda assim teriam de cumprir a parada obrigatória entre as voltas 13 e 17.

No total, foram quatro intervenções do carro de segurança para a retirada de carros acidentados ou quebrados na pista, e no final Gaetano di Mauro, que completou 25 anos na última sexta-feira (1), conquistou de aniversário a sua primeira vitória na Stock Car Pro Series. Ele foi ladeado no pódio por Cesar Ramos e Matías Rossi – ambos também estiveram no pódio das corridas de sábado.

A inversão dos dez primeiros do grid colocou Galid Osman na ponta sendo perseguido por Ricardo Zonta. A prova foi recheada de disputas, ultrapassagens, e também de entradas do safety car – a exemplo da primeira prova, quatro vezes. Na frente, bela disputa pela liderança entre Bruno Baptista e o argentino Matías Rossi – ambos trocaram de posição três vezes na parte final da corrida. O safety car saiu para uma última volta de disputa, e Baptista, de 22 anos, segurou o argentino para vencer pela terceira vez na categoria. Dennis Navarro fechou o pódio.

Entre os líderes da tabela, situações distintas. Se no sábado Gabriel Casagrande anotou uma vitória e conseguiu abrir uma vantagem de 18 pontos sobre Daniel Serra, no domingo muita coisa mudou. Serra foi quarto na primeira corrida e 13º na segunda, enquanto o atual campeão abandonou a primeira prova após um toque e sequer largou para a segunda, não anotando nenhum ponto. Agora, o piloto da Eurofarma-RC retoma a ponta da tabela e com nove pontos sobre o competidor da A.Mattheis-Vogel (182 a 173).

Mas a abertura da segunda metade da temporada, no próximo dia 31 no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, poderá ser mais positiva para Casagrande: Daniel Serra não disputa a etapa por disputar, na Bélgica, as 24 Horas de Spa Francorchamps pelo time oficial da Ferrari. Seu substituto será o campeão de 2016, Felipe Fraga, que venceu neste domingo uma corrida do DTM (Campeonato Alemão de Turismo) no circuito de Norisring, na Alemanha.

Falem, pilotos!
“Viemos tentando entender qual era o cenário da corrida desde o começo. Começamos com uma classificação sensacional e a estratégia foi bem o que aconteceu, a gente tinha colocado em mente o que fazer antes de começar a prova, que era parar na primeira volta da janela e trocar todos os pneus. Fizemos a escolha certa, o time fez tudo super rápido para eu poder levar essa vitória. A gente sempre tenta esfriar os freios no momento que dá, porque quando a gente anda muito perto o freio acaba superaquecendo, então tem que manter resfriado para quando relargar estar com tudo preparado para a corrida”.
(Gaetano di Mauro, KTF Sports, Chevrolet Cruze #11), vencedor da Corrida 1

“A corrida 2 foi bem puxada. O Matias (Rossi, segundo colocado) não deu moleza em nenhum momento, mas fizemos uma boa corrida e jogamos limpo um com o outro. Foi uma disputa limpa e graças a Deus eu consegui essa vitória. Na questão dos freios, é o mais o feeling do piloto em ajustar o balanço e as barras nessas situações””.
(Bruno Baptista, RCM Motorsport, Toyota Corolla #44), vencedor da Corrida 2

Resultado – Corrida 1 (extra-oficial)
1 Gaetano Di Mauro (KTF Sports/Chevrolet Cruze), 24 voltas em 31min16s468
2 César Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), a 3.435
3 Matías Rossi (A.Mattheis-Vogel/Toyota Corolla), a 6.301
4 Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), a 7.154
5 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), a 8.209
6 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla), 9.425
7 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla), 14.992
8 Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), 15.329
9 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla), 15.901
10 Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze), 16.583
11 Lucas Foresti (KTF Sports/Chevrolet Cruze), 16.676
12 Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze), 21.018
13 Sergio Jimenez (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), 21.059
14 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), 34.000
15 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), 34.798
16 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla), 46.866
17 Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), 49.522
18 Gianluca Petecof (Full Time Sports/Toyota Corolla), 49.600
19 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), 1 volta
20 Guilherme Salas (KTF Racing/Chevrolet Cruze), 1 volta
21 Gabriel Robe (RKL Competições/Chevrolet Cruze), 1 volta
22 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Toyota Corolla), 1 volta
23 Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze), 1 volta
24 Rodrigo Baptista (Crown Racing/Chevrolet Cruze), 1 volta
25 Beto Monteiro (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), 1 volta
26 Felipe Baptista (KTF Racing/Chevrolet Cruze), 1 volta
Não completaram
Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze)
Gustavo Frigotto (RKL Competições/Chevrolet Cruze)
Nelson Piquet Jr. (Motul TMG Racing/Toyota Corolla)
Gabriel Casagrande (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze)
Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze)
Pedro Cardoso (Crown II Racing/Chevrolet Cruze)
Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze)
Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze)
MELHOR VOLTA: Cesar Ramos, 58.055

Resultado – Corrida 2 (extra-oficial)
1 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Toyota Corolla), 24 voltas em 31m18s750
2 Matías Rossi (A.Mattheis-Vogel/Toyota Corolla), a 0.476
3 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze), a 1.192
4 Gaetano Di Mauro (KTF Sports/Chevrolet Cruze), a 2.073
5 Galid Osman (Shell V-Power/Chevrolet Cruze), 2.664
6 Guilherme Salas (KTF Racing/Chevrolet Cruze), 2.866
7 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), a 4.813
8 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Toyota Corolla), 5.289
9 Sergio Jimenez (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), 6.592
10 Nelson Piquet Jr. (Motul TMG Racing/Toyota Corolla), 6.671
11 Julio Campos (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze), 7.279
12 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Toyota Corolla), 7.590
13 Daniel Serra (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze), 8.290
14 Gabriel Robe (RKL Competições/Chevrolet Cruze), 10.802
15 César Ramos (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), 12.443
16 Beto Monteiro (Scuderia Chiarelli/Toyota Corolla), 12.870
17 Cacá Bueno (Crown Racing/Chevrolet Cruze), 13.599
18 Diego Nunes (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze), 15.604
19 Gianluca Petecof (Full Time Sports/Toyota Corolla), 15.718
20 Rodrigo Baptista (Crown Racing/Chevrolet Cruze), 17.363
21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Toyota Corolla), 17.468
22 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Chevrolet Cruze), 2 voltas
23 Pedro Cardoso (Crown II Racing/Chevrolet Cruze), 3 voltas
Não completaram
Gustavo Frigotto (RKL Competições/Chevrolet Cruze)
Átila Abreu (Shell V-Power/Chevrolet Cruze)
Ricardo Maurício (Eurofarma RC/Chevrolet Cruze)
Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Toyota Corolla)
Tony Kanaan (Full Time Bassani/Toyota Corolla)
Felipe Baptista (KTF Racing/Chevrolet Cruze)
Não largaram
Lucas Foresti (KTF Sports/Chevrolet Cruze)
Gabriel Casagrande (A.Mattheis-Vogel/Chevrolet Cruze)
Felipe Massa (Lubrax Podium/Chevrolet Cruze)
Allam Khodair (Blau Motorsport/Chevrolet Cruze)
Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Chevrolet Cruze)
MELHOR VOLTA: Matías Rossi, 56.606

Classificação do campeonato após a 6ª Etapa (top10 extra-oficial):
1. Daniel Serra, 182 pontos
2. Gabriel Casagrande, 173
3. Rubens Barrichello, 148
4. Gaetano di Mauro, 147
5. Matías Rossi, 137
6. Bruno Baptista, 130
7. Cesar Ramos, 125
8. Rafael Suzuki, 116
9. Ricardo Zonta, 115
10. Guilherme Salas, 112

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.