F1 – Wolff promete melhoria nos pitstops

quinta-feira, 26 de junho de 2014 às 12:40

Lewis Hamilton

Toto Wolff admite que a Mercedes possa ter sido muito conservadora nos pitstops de Lewis Hamilton na Áustria, mas não acredite que os atrasos tiveram qualquer impacto sobre o resultado da corrida.

Wolff disse que a equipe também queria ter segurança com Hamilton na corrida para disputar o segundo lugar com Valtteri Bottas e admite que é uma área que a Mercedes pode melhorar.

“Obviamente, nossos pitstops em geral, não estavam no nível que queríamos que estivessem”, disse Wolff. “Estávamos sempre no lado conservador, porque tínhamos uma grande diferença para as outras equipes e não queríamos arruiná-la com uma saída insegura do carro. Talvez essa seja uma coisa que temos de olhar e ficar mais agressivos novamente, se as diferenças para as outras equipes se reduzirem”.

“Mas então, para favorecer Lewis, o chamamos mais cedo, antes de Nico, que é contra o que normalmente fazemos, geralmente é o carro que lidera quem recebe a chamada e faz a parada mais cedo. Neste caso fizemos a parada de Lewis a fim de ultrapassar Valtteri. Então ele teve o benefício da estratégia, embora fosse o segundo na pista”.

Apesar de alguns fãs protestassem após a corrida, Wolff pensa que é importante se lembrar da rodada de Hamilton na classificação o deixou enfrentando uma batalha difícil em nono lugar no grid.

“Sim, claro, mas ele perdeu a corrida na classificação”, disse ele quando perguntado se as paradas custaram caro. “Ele se recuperou tremendamente com uma grande largada e uma grande primeira volta. Em todos os nossos cálculos o melhor resultado seria um segundo e ele conseguiu um segundo”.

 

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.