F1 – Wolff: Mercedes merece crédito por deixar os pilotos correrem

terça-feira, 29 de novembro de 2016 às 14:28
Toto Wolff e Lewis Hamilton

Toto Wolff e Lewis Hamilton

Em vez de criticar a Mercedes por interferir no confronto do título, Toto Wolff diz que a equipe “merece crédito” por deixar os pilotos correrem nas últimas três temporadas.

A Mercedes provocou a ira de Lewis Hamilton quando ela tentou intervir na decisão do título de domingo em Abu Dhabi.

Com o Campeonato de Pilotos em jogo, Hamilton precisava forçar Nico Rosberg para fora do pódio e começou a atrasar o alemão nas últimas voltas da corrida.

A Mercedes inicialmente pediu para aumentar o ritmo antes de o chefe técnico Paddy Lowe deixar claro que era uma “ordem” e não um pedido.

Apesar de Hamilton se recusar a obedecer e continuar a atrasar Rosberg, o alemão terminou em segundo, conquistando assim seu primeiro título mundial.

Mas enquanto Rosberg comemorava, Wolff defendia as ações da Mercedes em Abu Dhabi.

“Os deixamos correr durante as últimas três temporadas sem interferência”, disse ele. “Acho que a equipe merece crédito por deixá-los correr e ter decidido não ter um número um e um número dois, porque essa é a solução mais fácil”.

“Ficou claro que só interferiria se nosso objetivo número um de vencer a corrida estivesse sob ameaça”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.