F1 – Wolff diz que o problema foi o desempenho, não a estratégia

domingo, 29 de março de 2015 às 10:00

Ferrari e Mercedes

Toto Wolff pensa que seria errado culpar sua equipe pela derrota na Malásia ao trocar mais cedo os pneus com o carro de segurança.

Lewis Hamilton e Nico Rosberg foram impotentes para impedir que Sebastian Vettel conseguisse a sua primeira vitória na Ferrari em um dia quando a sua rival foi mais rápida.

Mas, embora a parada antecipada para a troca de pneus não ajudassem, a Mercedes insiste que não foi isto que a fez perder a corrida.

“Depois é sempre fácil se arrepender e dizer em retrospectiva, poderíamos ter feito isso ou aquilo, mas tomamos essas decisões em conjunto”, disse Wolff. “Não cometemos nenhum erro estratégico nos últimos dois anos, e é por isso que não faz sentido apontar o dedo para um único evento”.

“Precisamos descobrir por que estávamos com dificuldades para o desempenho de longo prazo nestas condições de calor, porque acho que é o principal ponto a se analisar”.

Wolff concorda com Vettel que temperaturas mais altas dificultaram a forma da Mercedes, apesar de ainda não terem sido analisados outros fatores que deixaram seus pilotos frustrados pelo rádio.

Ele disse que “não há pânico” na Mercedes, mas admitiu que a equipe não tinha sido capaz de “controlar” a corrida como era de hábito.

“Nós tivemos uma nova situação que não tínhamos por um tempo na qual não estávamos no controle das coisas”, disse Wolff. “Tivemos uma nova informação que foi diferente do que avaliamos no fim de semana”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.