F1 – Vettel entende a queixa de Rosberg na China

quinta-feira, 16 de abril de 2015 às 15:35

Sebastian Vettel

Sebastian Vettel entende por que Nico Rosberg ficou chateado com a pilotagem de Lewis Hamilton na China, mas disse que qualquer disputa entre os pilotos da Mercedes é “irrelevante” para a Ferrari.

Rosberg terminou em segundo atrás de Hamilton na China, mas disse que o britânico tinha comprometido sua corrida dirigindo lentamente no segundo stint, o que o colocou ao alcance de Vettel. No final, a Mercedes ainda fez uma dobradinha à frente de Vettel, mas a pilotagem conservadora de Hamilton fez o resultado mais difícil do que precisava ser.

Quando perguntado sobre a queixa de Rosberg, Vettel respondeu: “Não sei o que Lewis fez, se tinha mais ritmo na mão ou não. Lewis provavelmente sabe disto melhor. Eu acho que entendi a reclamação de Nico. No final, você sempre ataca, e eu fiz a mesma coisa, mas fui ainda mais agressivo, tentando colocá-lo sob pressão. Então você sempre precisa sobreviver no final do stint, porque os pneus estão um pouco mais usados”.

Apesar de que uma disputa entre os pilotos da Mercedes poderia beneficiar a Ferrari se a dupla colidisse, como fizeram na Bélgica no ano passado, Vettel não está esperando esta situação.

As temperaturas estarão ainda mais frias no Bahrain do que na China devido a largada no início da noite e Vettel tem seu foco mais uma vez na consolidação de segundo na hierarquia atrás da Mercedes.

“O único problema é que o sol se põe antes da corrida começar, caso contrário, seria significativamente mais quente. Eu não espero que esteja muito quente. Por aqui, espero estar em uma boa posição. Até agora este ano, não importa as condições, a temperatura ambiente ou da pista, sempre me senti confortável no carro”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.