F1 – Renault: Temos de ser realistas no Canadá

quinta-feira, 4 de junho de 2015 às 13:27

Red Bull e Toro Rosso

Remi Taffin da Renault minimizou as chances de ser uma surpresa no GP do Canadá e disse que a Renault deve ser “realista” com as suas expectativas.

Apesar de alguns resultados sólidos em Barcelona e Mônaco, Taffin admite o GP do Canadá será um evento muito mais complicado devido às longas retas de alta velocidade e as exigências colocadas nas unidades de potência.

“Somos realistas com esta corrida”, disse Taffin. “Nós trabalhamos muito na confiabilidade e melhoramos nas duas últimas corridas, mas sabemos que Montreal será difícil em termos de desempenho”.

“Sabendo que a potência é fundamental, temos que repetir a nossa abordagem de Mônaco, que foi otimizar cada setor individualmente. Estamos chegando lá, e espero que possamos estar mais perto em Montreal”.

Taffin disse que a entrega suave de potência do motor Renault será fundamental para suas equipes desfrutarem de mais sucesso no Circuito Gilles Villeneuve.

“As retas são longas então o piloto precisa de forte aceleração, atingindo a velocidade máxima perto do final da reta”, explicou. “As curvas são estreitas e de baixa velocidade, de modo que o piloto precisa de potência rapidamente para levar o carro para dentro e fora das chicanes, mas suavemente pelas curvas fechadas”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.