F1 – Lauda garante que estará de volta em 2019

sexta-feira, 21 de dezembro de 2018 às 16:32

Niki Lauda

Niki Lauda acalmou temores de que ele não retornaria ao seu posto nos GPs com a Mercedes. Em agosto, a lenda da F1 e presidente da equipe Mercedes passou por um transplante de pulmão que salvou sua vida, e com isso perdeu o restante da temporada.

Mas Lauda, 69 anos, diz que ele realmente não perdeu sequer uma corrida. “Não perdi um único GP, apesar de estar na companhia de tantos tubos de soro”, disse a lenda austríaca ao jornal La Gazzetta dello Sport.

“Eu segui todas as corridas, telefonando para os boxes durante os finais de semana – elas sempre me diziam o que estava acontecendo”, afirmou Lauda, que “nunca teve medo” de morrer e, em vez disso, foi motivado pelo impulso de “lutar”, assim como fez após seu violento acidente em Nürburgring, em 1976.

“Eu ainda estou lutando”, declarou Lauda. “Eu estava no hospital até dois dias atrás. Então fui autorizado a ir para casa e voei para minha lá em Ibiza, onde passarei o Natal com minha grande e carinhosa família”.

Ele diz que fisioterapeutas estão com ele e ainda estão trabalhando duro, mas “Os médicos me disseram que em um mês estarei completamente saudável e poderei voltar à minha vida normal. Como antes, eu irei para as corridas”, anunciou Lauda.

No entanto, Lauda disse que ficou muito impressionado este ano com Lewis Hamilton. “Ele foi excepcional. Foi o campeonato mundial mais difícil para ele vencer, porque a Ferrari costuma ser melhor que a gente. Mas ele não cometeu um único erro”, concluiu.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.