F1 – Grupo de Estratégia não tem “nenhuma estratégia”, diz Manor

quinta-feira, 28 de maio de 2015 às 13:10

Graeme Lowdon

Graeme Lowdon da Manor acredita que o Grupo de Estratégia não está abordando questões fundamentais em sua tentativa de reformar a F1.

Enquanto os planos estão sendo preparados para garantir que os carros sejam de 5 a 6 segundos mais rápidos em 2017, existem também movimentos nos bastidores para trazer carros de clientes ou de franquia.

Manor parece ser um alvo privilegiado para adotar tal proposta, sendo uma equipe que ainda tenta encontrar estabilidade financeira depois de escapar da extinção no início deste ano.

Lowdon, porém, sugeriu ao site Autosport que o Grupo de Estratégia está falhando no seu dever de apresentar planos claros e concisos.

“Pelo que tenho visto não existe nenhuma estratégia apresentada pelo Grupo de Estratégia”, disse Lowdon. “Uma estratégia primeiro é analisada, em seguida definidas metas e objetivos, então trabalhada como será operada e criado um plano a ser seguido”.

“O que o Grupo de Estratégia parece estar fazendo são pequenas ideias, quer se trate de reabastecimento, carros de cliente, carros de franquia, ou o que quer que seja. Reabastecimento e carros de clientes não são estratégias. A estratégia articula um roteiro de como você faz para chegar a algum lugar”.

“Em minha opinião, eles estão ignorando uma das coisas mais fundamentais, que é: qual a estratégia global para a Fórmula 1? O que estamos tentando fazer?”

“Espero que a estratégia de crescimento para a Fórmula 1 seja algo que possa ser articulada para todo mundo, para que as pessoas possam entender como ela está desenvolvendo”.

“Qualquer grande empresa internacional irá lhe dizer que definir e avaliar estratégias são fundamentais para a execução de seus negócios. É difícil, pois é preciso tempo e esforço”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.