F1 – Fui mais agressivo em 2017, diz Sainz

segunda-feira, 11 de dezembro de 2017 às 12:13

Carlos Sainz

Carlos Sainz diz que adotou uma posição mais agressiva na Fórmula 1 em 2017, para sublinhar suas credenciais, resultando na sua mudança para a Renault.

Sainz marcou pontos em nove de seus 16 Grands Prix com a Toro Rosso, incluindo o quarto lugar em Cingapura e sexto em Mônaco, liderando o pelotão do meio-campo em ambas as ocasiões.

No entanto, Sainz também se abandonou seis vezes, metade deles por causa de incidentes ou rodadas, recebendo penalidades de grid por desencadear colisões no Bahrain e no Canadá.

Sainz, no entanto, acredita que sua decisão de assumir essa abordagem valeu a pena, depois de garantir a nona posição no campeonato de pilotos.

“Definitivamente, este ano eu fui mais agressivo”, explicou Sainz. “Eu precisava ser mais agressivo para obter pontos, especialmente porque não nos classificamos no Top 10 com a Toro Rosso este ano, então tivemos que ser muito mais agressivo aos domingos”.

“Isso pode significar que eu consegui alguns abandonos mais do que talvez eu quisesse, talvez mais do que nas temporadas anteriores, mas acho que valeu a pena”.

“Se você olha agora para a classificação do campeonato, e meus pontos, com as oportunidades que tive, acho que foi um ano muito positivo”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.