F1 – Fabricantes de pneus não devem ditar as estratégias

quinta-feira, 16 de julho de 2015 às 15:14

Michelin

A FIA e a FOM devem ser os responsáveis para determinar como os pneus serão produzidos e utilizados na F1, em vez das fabricantes de pneus seguirem sua própria agenda, de acordo com Eric Boullier, Vijay Mallya e Matthew Carter.

O atual contrato de fornecimento de pneus com a Pirelli termina no final da temporada de 2016, abrindo o caminho para outra fabricante apresentar uma proposta, com a Michelin já confirmando sua participação.

Significativamente a Pirelli já sinalizou sua determinação em continuar com o atual processo de desenvolvimento de pneus de acordo com o modelo da FIA e FOM – tais como compostos diferentes e borracha com maior degradação – ao passo que a estratégia da Michelin é desenvolver uma borracha durável que possa potencialmente completar uma corrida.

Com efeito, embora a Pirelli e Michelin sejam tidas em alta conta, Eric Boullier acredita que a maneira como os pneus são usados na F1 deve ser determinada pelos poderes constituídos, em vez da vontade dos fabricantes em desenvolverem uma estratégia alternativa para seus próprios fins de marketing.

Esta é uma opinião partilhada por Mallya da Force India e Carter da Lotus, dizendo que a prioridade é para os pneus se somarem ao espetáculo da F1, em vez de atender principalmente as preferências das empresas de pneus.

“Como uma equipe realmente não importa para nós o tamanho ou a largura dos pneus”, disse Carter. “Vamos colocar os pneus como eles são e, desde que melhore a categoria e faça a F1 mais emocionante e melhor, então estamos a favor. Seja com Pirelli ou Michelin”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.