F1 – Comentários pós corrida – McLaren – GP do Canadá 2016

domingo, 12 de junho de 2016 às 19:24
Fernando Alonso

Fernando Alonso

Fernando Alonso, 11º colocado
Foi uma corrida difícil – não tínhamos o ritmo para ser competitivos. Eu perguntei sobre a possibilidade de instalar pneus novos para as últimas voltas, mas acho que era um pouco arriscado demais: estávamos em 11º lugar e prontos para marcar um ponto ou dois no final, se algo acontecesse à nossa frente. Ainda assim, eu fiz mais de 50 voltas com os pneus – e quem parou duas vezes estava muito mais rápido do que eu. Acho que foi um pouco de azar – precisávamos realmente de um pouco de chuva ou de um carro de segurança para nos colocar de volta na luta. Em última análise, penso que a nossa estratégia foi a mais acertada – era a maneira mais rápida de ir até a chegada. De qualquer forma, agora vamos trabalhar duro para tentar melhorar o ritmo para a próxima corrida.

Jenson Button, não completou
Eu disse pelo rádio que tinha um problema terminal, e olhei no meu espelho retrovisor e vi um monte de fumaça e faíscas. Não tive nenhum aviso – o carro apenas quebrou quando saí do hairpin. O motor ainda funcionava, mas eu o desliguei de qualquer maneira. Foi uma pena, já que eu estava economizando muito combustível no momento, e tinha DRS em toda volta também, então eu poderia economizar ainda mais. Isso poderia ter feito uma enorme diferença mais tarde na corrida. Você economiza para mais tarde na corrida, mas não vai até o final…

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.