F1 – Brawn recusa o crédito pelo sucesso atual da Mercedes

terça-feira, 15 de novembro de 2016 às 12:43
Ross Brawn e Toto Wolff

Ross Brawn e Toto Wolff

Depois de Toto Wolff elogiar Ross Brawn por manter a Mercedes funcionando e creditando seu sucesso a ele, o ex-engenheiro da Ferrari minimizou o legado que deixou na equipe.

Brawn explicou que, apesar de fazer parte dos estágios iniciais de seu desenvolvimento desde a venda da Brawn GP à fabricante alemã, os atuais líderes na Mercedes melhoraram a equipe desde que ele saiu em 2013.

“Você não pode continuar reivindicando crédito indefinidamente”, disse Brawn ao Guardian. “Eles foram generosos em reconhecer que forneci a estrutura e criei a equipe, mas eu disse a Toto: ‘Você não deixou a bola cair'”.

“Há muitos exemplos de equipes com os maiores orçamentos que não foram vencedoras: a Toyota esteve muitos anos na Fórmula 1 e não ganhou uma corrida”.

“Mas a equipe estava em muito boa forma e todos os sinais eram de que 2014 seria um ano vencedor”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.