F1 – Apoio da BMW mostrou o que a Sauber pode fazer

terça-feira, 21 de julho de 2015 às 15:17

BMW-Sauber em 2008

O apoio dado pela BMW foi um indicativo do que Sauber pode conseguir na F1 se tivesse um financiamento adicional, acredita a atual chefe da equipe, Monisha Kaltenborn.

Tendo começado na F1 como fornecedora de motores, a BMW entrou na categoria como uma fabricante através de uma colaboração com a equipe Sauber entre 2006 e 2009. Isto provou ser uma parceria de sucesso, com Robert Kubica conseguindo sua única vitória em 2008 no GP do Canadá e a equipe terminando em segundo lugar geral na classificação de construtores de 2007.

Quando a BMW se retirou da F1 no final da temporada de 2009, a Sauber voltou a ser uma equipe privada e se manteve como tal desde então.

Analisando esse período, Kaltenborn disse que a entrada de investimento da BMW foi um sinal do que podia ser alcançado com o apoio orçamentário de uma grande fabricante, mas insiste em que só foi possível graças a qualidade que a Sauber tinha criado inicialmente.

Com isto em mente, ela acha que a Sauber seria uma candidata ideal para qualquer fabricante procurando outra parceria.

“Nós sempre estivemos no pelotão intermediário e devíamos ser uma boa plataforma para a BMW nos escolher entre todas as equipes”, disse ela. “Então você vê em quanto tempo o salto que demos e isto diz que tiramos o máximo proveito das finanças”.

Apesar disso, Kaltenborn diz que não há discussão de que a BMW poderia considerar um retorno, mas seria de esperar uma parceria semelhante se o fizessem.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.