F1 – A Lotus não está à venda, diz Carter

sexta-feira, 15 de maio de 2015 às 15:48

Lotus

A Lotus insiste que a especulação em torno do futuro da Renault na Fórmula 1 não tem impacto sobre ela.

A fabricante francesa de motores tem tido dificuldades nas últimas duas temporadas, com a troca para a potência híbrida vendo os carros equipados com motores Renault caindo mais e mais para baixo no grid.

Como resultado, tem havido especulação de que a Renault vai deixar a categoria, mas uma sugestão alternativa tem sido de que eles estão analisando comprar uma equipe.

E, como a Lotus pertencia formalmente à Renault antes de ser vendida para a Genii Capital, no final de 2009, tem sido sugerido que são eles que a fábrica francesa estão olhando para a compra, se decidirem seguir na direção de serem donos de equipe.

É uma proposta que o presidente-executivo da Lotus Matthew Carter não acredita que virá a ser concretizada.

“Eu sei que a Renault está avaliando o seu papel na F1 no momento,” Carter disse ao Daily Telegraph. “Acho que eles estão tentando decidir se apenas fornecem os motores, se saem da categoria por completo ou se tornam uma equipe de fábrica”.

“Meus acionistas têm dito muito claramente que a equipe não está à venda”, acrescentou.

Carter afirmou que os proprietários não tem nenhuma razão para vender a equipe, que mudou para os motores Mercedes em 2015

“Eu acho que há uma famosa citação de que tudo está à venda a um preço, mas certamente os acionistas me disseram que não querem vender a equipe, não querem desistir de sua participação majoritária”, disse ele.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.