Em pista de alta, frenagens fortes garantem o show da Stock Car no Galeão

domingo, 10 de abril de 2022 às 14:55

Daniel Serra

Quem esperava um desempenho massacrante dos Toyota Corolla na rápida pista do GP do Galeão viu suas teorias caírem por terra. Os Chevrolet Cruze da Eurofarma-RC venceram as duas provas, foi o carro da pole position e das voltas mais rápidas de cada corrida. O domingo (10) de velocidade no Rio de Janeiro foi marcante não apenas para o automobilismo nacional, com a primeira prova a ser disputada em um aeroporto em atividade, mas também pela qualidade das disputas e a quantidade de ultrapassagens, em pontos de frenagens fortes após as longas retas dos 3.225 metros – especialmente na curva 4, depois de um trecho de 1.300 metros de aceleração plena e velocidades que chegaram muito próximas dos 270 km/h.

Daniel Serra dominou a disputa da primeira prova largando da pole position, tendo Matías Rossi e Ricardo Maurício fechando o pódio; na segunda, Ricardo Maurício venceu, mas sua vitória só foi confirmada pouco mais de uma hora após a bandeirada: ele havia sido ultrapassado por Marcos Gomes na penúltima volta, mas em um ponto em que a bandeirada amarela era mostrada pelos fiscais em virtude de um acidente – situação em que as ultrapassagens são proibidas. Após análise dos comissários, Gomes foi penalizado com o acréscimo de cinco segundos a seu tempo de corrida e acabou em sexto. Maurício venceu tendo Bruno Baptista em segundo e Gaetano di Mauro em terceiro. Gomes entrou com pedido de reconsideração da punição, que foi indeferido, e manifestou à Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA) por escrito que vai recorrer da decisão no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) caso a mesma seja mantida.

Mudanças antes da largada
Algumas mudanças aconteceram no grid entre o fim da classificação e o início da primeira prova. O argentino Matias Rossi abriu reclamação contra três competidores, mas acabou tendo a sua melhor volta no Q3 eliminada após uma reclamação feita por César Ramos. Com isso, o piloto do carro #117 caiu da quarta para a sexta colocação no grid, saindo da segunda para a terceira fila. Quem também teve sua posição revista foi Denis Navarro, que teve o seu tempo registrado como 25º colocado, mas após revisão foi para 16º, com Ricardo Zonta e todos os demais partindo uma posição para trás.

Corrida 1
Em prova com apenas uma intervenção do Safety Car entre as voltas 5 e 7, Daniel Serra largou bem e manteve a liderança de ponta a ponta até receber a bandeira quadriculada. O tricampeão conquistou sua 24ª vitória na categoria. O argentino Matias Rossi, que largou da sexta posição, terminou em segundo e completa o pódio o companheiro de equipe de Serrinha, Ricardo Maurício.

Completam o top 10 (zona de inversão de grid) Gabriel Casagrande (4), César Ramos (5), Felipe Massa (6), Guilherme Salas (7), Thiago Camilo (8), Rafael Suzuki (9) e Felipe Baptista (10).

Corrida 2
A segunda prova teve muito mais ação. Junto com a bandeira verde veio a chuva no primeiro setor do circuito. Os pilotos da segunda fila foram os protagonistas da largada. Thiago Camilo e Guilherme Salas reagiram bem e atacaram bem a primeira curva. Camilo assumiu a ponta, mas Salas se manteve apenas na quarta colocação. Ricardo Maurício pulou da sétima para a terceira colocação.

Antes da conclusão da primeira volta, César Ramos e Matias Rossi bateram na saída da curva 4, desencadeando a primeira intervenção do Safety Car na segunda corrida. O carro de segurança se manteve na pista até a quinta volta.

Na oitava volta, quando Felipe Baptista voltava a liderar a corrida, o carro de segurança voltou a comandar o pelotão quando Rafael Suzuki teve problemas com o carro. Na 10ª volta, quando o Safety deixou a pista, Baptista relargou bem e não deu chance de ataque aos adversários.

Os dois primeiros colocados foram para a parada obrigatória juntos. Baptista foi o primeiro a entrar e o primeiro a sair dos boxes. Camilo teve problemas durante sua parada. No fechamento da janela de paradas obrigatórias, uma configuração completamente diferente. Ricardo Maurício passou a liderar a prova com Marcos Gomes em segundo. Na penúltima volta, Marcos Gomes conseguiu a ultrapassagem sobre Maurício e conquistou sua 14ª vitória na categoria. Maurício foi o segundo e Bruno Baptista o terceiro.

No entanto, a vitória de Gomes foi contestada por Ricardo Maurício sob a alegação de que a ultrapassagem aconteceu sob regime de bandeira amarela. O campeão de 2015 ultrapassou o tricampeão na frenagem da curva 4, a curva que mais registrou manobras de ganho de posição neste domingo; entretanto, no momento da ultrapassagem do piloto da Cavaleiro Sports sobre o da Eurofarma-RC, dois carros estavam parados na saída da curva após uma batida e os fiscais agitavam as bandeiras amarelas.

A classificação geral do campeonato tem um novo líder. Com o desempenho na etapa carioca, Daniel Serra assume a primeira colocação do ranking com 99 pontos, apenas um a mais do que Gabriel Casagrande, que liderava até então. Thiago Camilo é o terceiro colocado, Ricardo Maurício o quarto, César Ramos é o quinto. Completam o top 10, Gaetano Di Mauro, Rubens Barrichello, Bruno Baptista, Marcos Gomes e Rafael Suzuki.

Agora a Stock Car parte do aeroporto no litoral carioca para a fazenda no interior de São Paulo, com a quarta etapa da temporada no Velocitta, em Mogi Guaçu (SP), no fim de semana do dia 15 de maio.

Daniel Serra, Eurofarma RC – Chevrolet Cruze #29
(Vencedor da corrida 1)

“Foi um fim de semana muito legal para mim, para a equipe, para o evento… gostaria de dar os parabéns para a categoria e toda a estrutura que eles montaram. Estou muito feliz por conseguir a pole e a vitória, isso mostra como a gente estava forte para a primeira corrida. É isso, marcamos muitos pontos e vamos subir no campeonato. Agora é descansar nesse intervalo que temos e voltar mais forte para a próxima etapa”.

Ricardo Maurício, Eurofarma-RC – Chevrolet Cruze #90
(Vencedor da corrida 2)

“Foi um final de semana bem produtivo, conseguimos ter os dois carros da Eurofarma andando na frente, com o Daniel vencendo corrida e eu chegando em terceiro. Eu quis adotar uma estratégia diferente quanto ao push to pass, eu deixei de acionar numa volta para ter disponível na volta seguinte e acabei sendo ultrapassado e perdi o timing de brigar pela segunda colocação. Mas ainda assim teve pódio e foi bom. Depois largando de oitavo eu pulei para terceiro e chegar disputando a vitória até as últimas curvas. Eu estava liderando a prova e tinha um posto de sinalização com a bandeira amarela quando eu fui ultrapassado. Estou feliz que a vitória foi confirmada; feliz pela equipe, pelas duas vitórias da equipe com um final de semana perfeito e de volta à briga pelo campeonato”.

Resultado da Corrida 1:
1. #29 Daniel Serra (Eurofarma RC/Cruze), 27 voltas em 32:09.278
2. #117 Matias Rossi (A Mattheis Vogel Motorsport/Corolla), a 3.659
3. #90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC/Cruze), a 7.795
4. #83 Gabriel Casagrande (A Mattheis Vogel Motorsport/Cruze), a 10.073
5. #30 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla), a 11.770
6. #19 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), a 14.037
7. #85 Guilherme Salas (KTF Racing/Cruze), a 15.735
8. #21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), a 17.277
9. #8 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Corolla), a 17.599
10. #121 Felipe Baptista (KTF Racing/Cruze), a 19.166
11. #33 Nelson Piquet Jr (Motul TMG Racing/Corolla), a 19.399
12. #5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze), a 22.420
13. #80 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze), a 24.645
14. #44 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla), a 33.208
15. #101 Gianluca Petecof (Full Time Sports/Corolla), a 36.945
16. #51 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze), a 39.647
17. #18 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), a 39.897
18. #10 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla), a 47.036
19. #3 Digo Baptista (Crown Racing/Cruze), a 48.820
20. #110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze), a 56.349
21. #43 Pedro Cardoso (Crown II Racing/Cruze), a 57.249
22. #6 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla), a 57.524
23. #0 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze), a 1 volta
24. #4 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), a 1 volta
25. #12 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze), 2 voltas
26. #73 Sergio Jimenez (Scuderia CJ/Cruze), a 3 voltas
27. #54 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze), a 7 voltas
28. #7 Thiago Vivacqua (RKL Competições/Cruze), a 7 voltas

Não completaram
#28 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze)
#111 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla)
#70 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze)
#88 Beto Monteiro (Scuderia CJ/Cruze)
#55 Renato Braga (RKL Competições/Cruze)
#11 Gaetano Di Mauro (KTF Sports/Cruze)

Resultado da Corrida 2:
1. #90 Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC/Cruze), 21 voltas em 31:58.210
2. #44 Bruno Baptista (RCM Motorsport/Corolla), a 1.538
3. #11 Gaetano Di Mauro (KTF Sports/Cruze), a 1.883
4. #101 Gianluca Petecof (Full Time Sports/Corolla), a 2.162
5. #83 Gabriel Casagrande (A Mattheis Vogel Motorsport/Cruze), a 2.350
6. #80 Marcos Gomes (Cavaleiro Sports/Cruze), a 2.500 *
7. #85 Guilherme Salas (KTF Racing/Cruze), a 3.549
8. #29 Daniel Serra (Eurofarma-RC/Cruze), a 6.636
9. #18 Allam Khodair (Blau Motorsport/Cruze), a 8.328
10. #51 Átila Abreu (Shell V-Power/Cruze), a 9.016
11. #121 Felipe Baptista (KTF Racing/Cruze), a 10.301
12. #5 Denis Navarro (Cavaleiro Sports/Cruze), a 10.485
13. #43 Pedro Cardoso (Crown II Racing/Cruze), a 12.166
14. #33 Nelson Piquet Jr (Motul TMG Racing/Corolla), a 13.643
15. #0 Cacá Bueno (Crown Racing/Cruze), a 16.104
16. #6 Tony Kanaan (Full Time Bassani/Corolla), a 17.658
17. #3 Digo Baptista (Crown Racing/Cruze), a 18.588
18. #21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing/Corolla), a 22.451
19. #7 Thiago Vivacqua (RKL Competições/Cruze), a 28.542
20. #110 Felipe Lapenna (Hot Car Competições/Cruze), a 1 volta
21. #54 Tuca Antoniazi (Hot Car Competições/Cruze), a 2 voltas
22. #19 Felipe Massa (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), a 3 voltas
23. #4 Julio Campos (Lubrax Podium Stock Car Team/Cruze), a 6 voltas

Não completaram
#12 Lucas Foresti (KTF Sports/Cruze)
#8 Rafael Suzuki (Full Time Bassani/Cruze)
#73 Sergio Jimenez (Scuderia CJ/Cruze)
#30 Cesar Ramos (Ipiranga Racing/Corolla)
#117 Matias Rossi (A Mattheis Vogel Motorsport/Corolla)
#10 Ricardo Zonta (RCM Motorsport/Corolla)
#28 Galid Osman (Shell V-Power/Cruze)

Não largaram
#111 Rubens Barrichello (Full Time Sports/Corolla)
#70 Diego Nunes (Blau Motorsport/Cruze)
#88 Beto Monteiro (Scuderia CJ)
#55 Renato Braga (RKL Competições/Cruze)
*Punido com o acréscimo de 5 segundos no tempo de prova por ultrapassagem sob bandeira amarela

Classificação do campeonato (top 10)*:
1. #29 Daniel Serra, 99 pontos
2. #83 Gabriel Casagrande, 98
3. #21 Thiago Camilo, 78
4. #90 Ricardo Maurício, 74
5. #30 César Ramos, 63
6. #11 Gaetano Di Mauro, 59
7. #111 Rubens Barrichello, 56
8. #44 Bruno Baptista, 55
9. #80 Marcos Gomes, 51
10. #8 Rafael Suzuki, 50
*Extraoficial

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.