Ecclestone: Vencer sempre não fará a Red Bull sair da F1

sexta-feira, 27 de dezembro de 2013 às 15:19

Bernie Ecclestone e Red Bull

Bernie Ecclestone não está preocupado se a série de dominação da Red Bull a levará para fora da Formula 1.

A empresa de bebidas energéticas campeã do mundo e seu piloto líder Sebastian Vettel, venceram os campeonatos de pilotos e construtores nos últimos quatro anos – e foi tão dominante em 2013 que muitos se questionaram sobre o espetáculo do seu mais recente triunfo.

Mas quando perguntado se a Red Bull é tão bem sucedida que poderia eventualmente se cansar de tanto vencer e da categoria em geral, o chefe-executivo da F1, Ecclestone respondeu: “Eu não penso assim. Dietrich Mateschitz é muito competitivo, ele ama as corridas e gosta quando seu carro ganha”.

“Os sucessos dos últimos anos também significam que a sua equipe ganhou muito mais do que os outros. Não somente isso, onde mais ele encontrará um lugar tão bom para anunciar sua marca?” Ecclestone perguntou.

A Red Bull está entre as equipes com grandes orçamentos na F1.

Ecclestone não é muito simpático com isto.

“As equipes estão gastando muito. Olhe para as equipes de ponta, eles têm um grande número de funcionários, de 700 ou mais, não se sabe o número exato. Todas estas pessoas para colocarem dois carros no grid aos domingos. Isso é ridículo”, acrescentou Ecclestone.

Ao mesmo tempo, as equipes estão lutando para atrair grandes marcas como patrocínio, enquanto F1 conseguiu fazer acordos com empresas como UBS e Rolex.

Questionado sobre por que as equipes não estão fazendo o mesmo, Ecclestone respondeu: “Eu não sei. Pergunte a eles”.

Quando lhe pediram para indicar qual o vencedor de 2014, ele respondeu da mesma forma: “Eu não sei, eu acho que no próximo ano vai depender mais do motor. O vencedor será aquele com o melhor motor”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.