Cacá Bueno torce por ajuda dos céus em Curitiba

sábado, 4 de dezembro de 2010 às 16:46

stock10-cbueno-350Cacá Bueno não pôde ir além do 11º tempo, melhor volta em 1:20.830, que o coloca atrás dos três rivais diretos na briga pelo campeonato: Allam Khodair foi segundo, Max Wilson, o terceiro e Ricardo Maurício largará amanhã na oitava colocação. O pole foi Thiago Camilo.

O companheiro Daniel Serra também teve um sábado desafiador, ainda que um pouco mais competitivo que o de Cacá. Serrinha chegou a ser o segundo mais rápido no Q1, o primeiro segmento do treino de classificação – no qual Cacá foi o 15º, conquistando a vaga para o Q2 na bacia das almas – mas no fim das contas, também não obteve a vaga para o Q3. A melhor volta em 1:20.709 deixou o carro 29 na sétima colocação.

“Paguei o preço pela dificuldade que tive no Q1, em que tive de dar mais voltas que os ponteiros e acabei desgastando demais meus pneus traseiros”, reportou Cacá, que vive sua sétima decisão de título consecutiva na Stock Car. “Modificamos o acerto para o Q2 e o carro se tornou mais constante, mas não rápido o suficiente”.

Com os três rivais pelo título à frente, o tricampeão torce por uma ajuda dos céus: “Agora, mais do que nunca, uma corrida na chuva amanhã seria muito bem-vinda… Sendo o quarto entre os quatro, preciso de uma corrida com o maior número de variáveis possível no domingo”, admitiu. Segundo o site Climatempo, a probabilidade de chuva para a manhã de domingo em Curitiba é de 90%.

Serrinha, por sua vez, ao menos conta com um trunfo, caso não chova: “Largando em sétimo, serei o primeiro do grid com pneus novos se a corrida acontecer no seco, o que me dará uma boa condição para atacar os ponteiros amanhã”.

EB – www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.