As regras são as culpadas pelos problemas da F1, diz Berger

quinta-feira, 10 de setembro de 2015 às 12:55

Gerhard Berger

Gerhard Berger disse que um dos maiores problemas da F1 hoje são as regras.

O ex-piloto da F1 disse que agora assiste pela televisão, mas acha as corridas difíceis de acompanhar devido aos regulamentos complicados.

“Todos gostam de uma batalha de quatro carros pela vitória”, disse Berger. “Não uma discussão sem fim no dia seguinte sobre um problema estúpido de pneus”.

Berger está se referindo, é claro, ao longo inquérito dos comissários depois de Monza sobre a pressão dos pneus que quase custou a vitória de Lewis Hamilton.

O austríaco acusa as regras, não a Mercedes.

“O erro foi devido à uma operação e uma definição precisa dos regulamentos”, disse Berger. “Mas quando um pneu deve ser medido e em que circunstâncias, não deve ser o tema principal de um fim de semana de corrida”, ele insistiu.

“As regras são muito complexas”, Berger continuou, “e há especialistas nas equipes que estão ocupados apenas em encontrar áreas imprecisas”.

“A minha crítica não se aplica a Mercedes”, ele acrescentou, “mas para a FIA, que escreve as regras, que devem ser tão precisas quanto possível, para que as equipes não encontrem essas brechas”.

“A FIA está constantemente tentando facilitar a corrida, por exemplo com esta asa traseira ajustável, mas então quer estas regras contemporâneas, com todos os sistemas híbridos e, em seguida, diz que (as equipes) não podem desenvolvê-las”.

“Para mim, parece que nada se encaixa”, acrescentou.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.