Stock Car – Comentários de sexta-feira – Goiânia 2019

Julio Campos

Diego Nunes, P1: A gente começou bem. O carro está bastante equilibrado assim como o do Salas. Apesar de não ter ido tão rápido no segundo treino, acredito que possa ter algum problema na suspensão traseira, o conjunto se mostrou muito bom e, naturalmente, o objetivo é seguir para o Q3 amanhã e, quem sabe, buscar a pole que escapou por pouco no Velocittà.

Marcel Coletta, P2: É sempre bom estar entre os mais rápidos. Ali na frente, entre os 10 primeiros, todo mundo treinou com boas condições de pneu. A equipe Cimed Racing melhorou muito o carro ao longo do ano, é possível sentir a diferença de quando andamos aqui no começo do ano. Estamos em uma evolução grande na temporada, é claro que ainda é só o começo do final de semana, mas o treino de hoje é um bom indicativo que vem coisa boa por aí.

Rafael Suzuki, P3: Acho que hoje foi uma das nossas melhores sextas-feiras – senão a melhor – da temporada até agora. A gente fez alguns testes diferentes do que vínhamos fazendo, e surtiram efeito. Agora é refinar um pouco, entender mais algumas coisas, mas gostei. No primeiro treino, por mais que tenhamos terminado em uma boa posição, o balanço do carro ainda não era o ideal; já no segundo, com o mesmo pneu, estava melhor, o que significa que evoluímos. Meu feeling é bom. Agora é refinar para não perder ritmo na classificação.

Julio Campos, P4: Mais uma etapa que está começando bem. O carro está rápido, precisamos melhorar o freio, mas até amanhã temos bastante tempo para descobrir o que está acontecendo. Mas o importante é que o carro está bem competitivo.

Valdeno Brito, P7: Foi um dia bom e a tendência é melhorar ainda mais. Temos que ajustar ainda o carro no setor 1 e amanhã continuar com o bom desempenho.

Felipe Lapenna, P9: Foi um dia muito bom, os dois carros da equipe entre os dez nos dois treinos, começamos bem o final de semana. Fizemos um trabalho um pouco diferente, pensando mais na corrida. Amanhã vai ser um bom dia, tem previsão de chuva, mas acredito que teremos novamente um bom resultado.

Gaetano di Mauro, P10: Cada um está numa estratégia de pneu, colocou o pneu mais novo para entender o equilíbrio, nós descasamos o tempo com o pessoal, mas perdemos um pouco de performance quando a pista ficou mais quente. Agora é trabalhar para buscar alguma coisa nova para voltar ao top 5.

Ricardo Zonta, P11: Nós trabalhamos muito visando à corrida. Tanto com pneu gasto como com pneu mais novo, o carro mostrou potencial, o que sugere que estamos fortes para a corrida e temos uma boa margem para a classificação quando colocarmos o pneu zero, então isso nos deixa bastante contente. Dá para trabalhar com essa margem, sabemos que um bom carro classificatório faz muita diferença para largar entre os primeiros. Estar em sexto com um carro de potencial para a corrida mostra que o trabalho para amanhã está no caminho certo.

Átila Abreu, P12: Está uma incógnita porque o carro não está tão bom de reta como na primeira corrida aqui. No primeiro treino tomamos quase meio segundo na reta, temos de analisar os dados e ver, mas não acredito que tenha melhorado mundo. Surpreende ficar entre os dez, obviamente cada piloto está com uma condição de pneu. É difícil quando você não tem velocidade de reta buscar no acerto alguma compensação. No segundo treino evoluímos muito o carro. Vamos tentar entender, ver se vai precisar trocar o motor para a tomada. De alguma maneira, estamos competitivos, mas, tomando esse tempo na reta, você fica perdido, sem saber exatamente o que é de motor, o que você tenta compensar a falta de velocidade. Temos de entender o porquê de outra vez estarmos com esse problema na reta.

Denis Navarro, P13: A equipe vem evoluindo bastante, dois P9, ainda tem alguns ajustes como sempre, mas é um carro promissor, que demostra que vai ser bem competitivo durante todo o final de semana, estamos confiantes, amanhã promete.

Gabriel Casagrande, P16: Tivemos uma quebra no carro no segundo treino que acabou mascarando todo o desenvolvimento da sessão, mas foi um treino muito bom para a equipe. O Marcel (Coletta) terminando o dia em primeiro mostra que estamos com um carro bem forte mais uma vez. Acredito que amanhã será um dia muito bom para nós e tomara que consigamos brigar pelas posições da frente. Estou bem confiante, assim como vem acontecendo nas últimas etapas.

Galid Osman, P17: O carro foi competitivo com o pneu velho, mas na hora em que colocamos o pneu mais novo, evoluímos pouco. Então é tentar melhorar o carro para amanhã e tentar se classificar entre os dez primeiros como na última corrida em Goiânia.

Felipe Fraga, P19: O carro está muito bom, acho que estamos muito competitivos novamente. Realmente não dá para saber o que os outros fizeram em relação a pneu, mas o carro está bem rápido e acho que temos mais uma chance de ir para mais um Q3 com muitos carros da equipe.

Tuca Antoniazi, P29: É fantástico. Aproveitei o dia para permanecer o máximo de tempo na pista, aprendendo o carro e me adaptando. A equipe tem me ajudado muito mostrando o caminho, onde posso melhorar, e o suporte de todos tem sido sensacional. Os tempos de volta, neste estágio, não dizem muita coisa, embora a evolução de quase um segundo de melhora entre um treino e outro me deixa bastante animado. A ideia amanhã é melhorar ainda mais e seguir aprendendo.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.