Stock Car – Comentários de domingo – Londrina 2019

Julio Campos

Thiago Camilo, P1/P9: Consegui controlar e vencer a primeira corrida hoje, fui o maior pontuador do fim de semana, mas esperava um pouco mais na segunda prova. O asfalto está muito abrasivo aqui em Londrina, e na segunda metade da primeira corrida, o Valdeno (Brito, que chegou em segundo) adotou uma estratégia muito agressiva para brigar pela vitória (botou menos combustível no pit stop e usou todos os botões de ultrapassagem) e me obrigou a forçar mais o carro do que eu queria, desgastando os pneus. Aí, principalmente após o pit stop da segunda corrida, os pilotos que abdicaram da primeira e estavam com pneus mais inteiros levaram muita vantagem. Entrei no pit em quarto e cheguei em nono, mas estou muito, muito feliz com o trabalho da equipe, que mais uma vez me deu um carro dominante. Em respeito a quem trabalha duro como a minha equipe e aos fãs da Stock Car que viram uma vitória conquistada na pista em Goiânia, espero que a justiça seja restabelecida na próxima terça.

Valdeno Brito, P2/P26: Estou muito feliz! Estávamos precisando de um pódio e a dobradinha na equipe, ainda por cima em casa, foi muito bom. Pressionei o Thiago Camilo, que não é líder, mas é quem vem dominando o campeonato. Ganhamos pontos e fechamos em 11º na classificação do campeonato, muito próximo do top 10. Agora é continuar subindo posições a cada etapa e me consolidar entre os dez primeiros.

Julio Campos, P3/P10: Foi um fim de semana de muita evolução, sabíamos do nosso potencial. Temos sempre o que melhorar e essa é a parte boa do automobilismo. Nosso ritmo está ótimo. Poderia ter feito segundo lugar na primeira prova, mas a nossa vontade foi marcar mais pontos correndo bem nas duas provas e conseguimos. Na segunda prova, poderia ter chegado melhor, mas no pit stop eu tirei o pé do freio com o pé na embreagem, o pneu continuou girando e não conseguimos trocar. Então perdemos umas quatro posições nessa.

Felipe Fraga, P5/P6: Nós disputamos as primeiras colocações nas duas corridas e fizemos uma estratégia para pontuar bem nas duas corridas. Ainda faltou um pouco para brigarmos pela vitória, mas mostramos que estamos de volta nas primeiras posições. O mais importante foi sair daqui mais perto do líder.

Nelsinho Piquet, P6/P7: Foi melhor do que nós esperávamos. No ano passado, não tive bons resultados em Londrina, mas aprendi as manhas da pista e o carro melhorou. Ainda precisamos evoluir para estar no mesmo ritmo dos primeiros, mas foi um fim de semana que marcamos bons pontos e esperamos continuar este progresso para atingir o nosso objetivo de estar entre os cinco primeiros ao final do campeonato.

Marcos Gomes, P8/P13: Tivemos uma quarta etapa um pouco difícil aqui em Londrina. Na tomada de tempos acabei escapando e nossa chance de largar entre os seis acabou se confirmando com um 15º lugar. Na primeira corrida acho que o nosso ritmo estava bom, ganhei sete posições e terminei em oitavo, o que me deixou com a chance de largar em terceiro, na segunda prova. Nesta corrida, por sua vez, alguma coisa na parte de baixo do carro deve ter se danificado com as zebras e, deste modo, fui perdendo rendimento volta a volta. Estou feliz pelos 21 pontos que fiz no fim de semana, reduzi a minha diferença para o líder do Campenato e vamos ainda mais confiantes para Santa Cruz do Sul, no mês que vem.

Marcel Coletta, P9/P15: Foi muito bom esse primeiro top-10 aqui em Londrina. Nossa primeira corrida foi muito sólida e constante. Na segunda nós tivemos um pequeno problema na leitura do combustível, mas estou bem feliz por marcar bastante pontos no final de semana. Estou ganhando confiança em cada corrida, então vou trabalhar para progredir cada dia mais.

Átila Abreu, P10/P3: É bom estar de volta ao pódio. Pela primeira corrida, sabia que seria difícil ganhar, nosso pneu teve um desgaste um pouco excessivo. Acabei perdendo a liderança na parada de box e aí fiz uma corrida para terminar no pódio. Acabei ficando sem pneus nas últimas voltas, mas salvei o terceiro lugar. Estou bem feliz. O campeonato começa agora para mim, meu objetivo era o título, mas sei que é complicado. Agora quero ser protagonista e vencer corridas. Obrigado pelos votos do Fun Push. Vamos continuar trabalhando e melhorar nosso desempenho. Estou feliz com o pódio.

Lucas Foresti, P13/P18: O toque no início da corrida prejudicou nosso desempenho. Pela estratégia que adotamos, de encher o tanque na primeira corrida para fazermos um pit stop mais rápido na segunda, tínhamos chance de terminar na frente e somar pontos. Mas não podemos lamentar. A partir de agora já vamos começar nossa preparação para a etapa de Santa Cruz do Sul.

Galid Osman, P14/P12: Faltou um pouco de sorte para passar no Q2 ontem e isso atrapalhou nossa estratégia para hoje. Optamos por não arriscar nas corridas e somar o maior número de pontos possíveis. É um campeonato de muita regularidade e não somar pontos em uma etapa traz um prejuízo grande. Estou feliz pelos 16 pontos somados.

Cacá Bueno, P15/P27: Minha estratégia era inteira para a corrida 2. Poderia chegar pelo menos no top-5 nessa segunda prova e tentar 25 pontos nesse final de semana. Acabei ficando de fora por causa do radiador, quando vários pilotos ficaram presos nessa sanfona após a largada. O procedimento de largada deu errado e a pista é bem suja aqui. Largando de 10º para trás estamos sujeitos a isso. Coisa que acontece em corridas, mas agora estamos mais longe dos líderes.

Rafael Suzuki, P17/P25: A gente se preparou mais para a segunda corrida visando o top-10. A largada foi bem confusa lá atrás, perdi algumas posições, mas vinha recuperando, até que o Cacá (Bueno) teve um problema na saída da curva 1, o carro dele apagou, o Lapenna não conseguiu parar, bateu nele, eu também bati e alguém encheu a minha traseira e destruiu o carro. Um negócio totalmente imprevisível. A evolução veio. Na corrida o carro estava equilibrado, o ritmo era bom, mas foi uma pena que não conseguimos transformar isso em bons pontos aproveitando do bom carro que tínhamos. Acho que estaremos em melhor forma nas próximas provas.

Pedro Cardoso, P19/P22: Sabíamos que tínhamos um carro bem balanceado para as corridas. A estratégia na corrida 1 foi perfeita, porque conseguimos ir adiante sem gastar muito pneu ou combustível; largamos na segunda e o carro vinha só melhorando. Estava disputando ali com a Bia (Figueiredo) e com o Rubinho (Barrichello), brigando bastante, andando perto, e de repente a roda saiu voando. Eu tinha certeza de que chegaríamos ali pelo menos entre os dez primeiros. Corridas são assim, mas agora a gente sabe que tem um bom material em mãos para as próximas.

Gabriel Casagrande, P22/P11: Foi frustrante porque eu tinha um carro muito rápido e até economizei o carro para a corrida 2, sendo que até tinha ritmo para brigar lá na frente. O que aconteceu foi que uma pedra entrou no meu radiador e começou a vazar água, por isso acabou superaquecendo o carro. Isso nos prejudicou muito. Mesmo assim ainda conseguir recuperar e chegar em 11º na segunda prova. Estou bem chateado, mas agora vamos nos recuperar na próxima”. A distância para o líderes não aumentou muito no campeonato e isso nos serve de consolo, mas acredito que poderíamos ter saído em uma situação bem melhora daqui de Londrina. Agora vamos focar na próxima corrida lá no Rio Grande do Sul.

Diego Nunes, P23/P5: Tivemos um probleminha na classificação, o que nos tirou a possibilidade de largar mais pra frente. Entre os 10 primeiros, largando no final do pelotão, optamos por uma estratégia mais arriscada, priorizando a corrida 2. Parti de 23º, tive um imprevisto na largada, mas conseguimos chegar em quinto e, talvez, até ter dado o pódio, mas o importante é que subimos no campeonato. Agora vamos pensar em Santa Cruz, para buscarmos esse top10, pois estamos quase lá.

Ricardo Zonta, P26/P17: Foi uma pena. Mesmo largando atrás eu tinha um carro rápido como foi durante todo o ano até aqui. Tinha condições de terminar entre os 15 na primeira corrida, mas ficou difícil depois do pit stop. Vamos procurar entender o que aconteceu aqui em Londrina e voltar mais forte na próxima etapa.

Bia Figueiredo, P27/P4: Claro que ontem eu fui dormir chateada, porque um errinho na última curva na classificação me jogou no fim do grid. E hoje vou dormir muito feliz e aliviada, porque conseguimos confirmar o potencial do meu carro, mas ainda com uma pontinha de quero mais, porque faltou muito pouco para conquistar meu primeiro pódio na Stock Car. O que importa é que mostramos o que podemos fazer, vamos com mais confiança para o restante da temporada e o pódio vai vir. Depois começamos a pensar em vitória.

Gaetano di Mauro, P28/P29: Foi uma pena. A gente tinha um ritmo parecido com os outros pilotos, mas perdi o acelerador na corrida um. Fizemos tudo que podíamos para disputar a segunda corrida, mas na volta de apresentação, na mesma curva, fiquei sem acelerador novamente. É uma pena, tínhamos bons pneus para a corrida e iriamos conseguir um bom resultado. É triste, mas vamos para a próxima.

Rubens Barrichello, P29/P8: Foi um dia daqueles. Eu sempre digo que manter a calma nessas horas é importante para poder gerar um pouco de calma para os integrantes da equipe também. Tivemos vários problemas. O defeito do câmbio já vinha acontecendo desde sexta-feira e também afetou a nossa performance no classificatório. Estava muito difícil identificar e solucionar o problema. A equipe trabalhou muito bem, para arrumar o carro para a corrida 2. Mas, quando eu parei na saída dos boxes, pronto para largar, coloquei a primeira e não mudava a marcha. Foi quando eu notei que não estava ligado o Power Shift. Então, ele não reconhecia a hora de mudança de marcha e eu tinha que tirar o pé do acelerador para isso. Pra mudar a marcha pra baixo, era pior ainda. Eu tinha que pisar na embreagem e fazer o punta taco, porque as marchas não estavam sincronizadas. Com tudo isso, foi uma vitória chegar em oitavo lugar hoje. Deixamos de ganhar muitos pontos hoje, mas é sempre uma emoção estar numa situação diferente. Graças a Deus saio daqui com 13 pontos, com a segunda colocação no campeonato e vamos continuar trabalhando para a próxima etapa dentro de 40 dias.

<p>style=”text-align: center;”></p>

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.