Pilotos apresentam “plano de quatro pontos” para melhorar a F1

Romain Grosjean

Os pilotos da Fórmula 1 apresentaram à FIA e Liberty Media na terça-feira um “plano de quatro pontos” para melhorar a categoria.

Uma reunião recente sobre as regras de 2021 teve a presença de Lewis Hamilton e Nico Hulkenberg. E na terça em Genebra, Sebastian Vettel e Romain Grosjean também compareceram representando a Grand Prix Drivers’ Association (GPDA).

“Nós temos quatro pontos principais que queremos abordar”, declarou Grosjean à Auto Hebdo da França. “São os pneus, a aerodinâmica, o peso dos carros e a disparidade de renda entre as equipes. Se resolvermos esses quatro pontos, a competição será muito bonita”.

Ele afirmou que os pneus, a aerodinâmica e o peso funcionam juntos, com os carros bastante pesados da atualidade exigindo demais dos pneus.

“Quando eu comecei em 2009, os carros pesavam 605 kg. Agora, eles têm mais de 740”, disse Grosjean. “Você realmente sente essa diferença de 140 kg. Nas curvas lentas, os carros são bem pesados, e eu nem sequer estou falando sobre o início da corrida, quando temos 850 kg com o combustível. Nós sentimos que é demais para a F1”.

De acordo com Grosjean, o presidente da FIA, Jean Todt, prometeu “apoio total” à GPDA. Mas Vettel, também em Genebra na terça-feira, comentou: “Nós apresentamos nosso ponto de vista. Vamos ver o que acontece”.

“Se continuarmos apenas debatendo, nada vai acontecer. Em algum ponto, atitudes devem ser tomadas, mas isso não funciona se todos ficarem falando. Alguém precisa dizer ‘isso é o que vamos fazer’. É por isso que acho que o processo de tomada de decisões deve ser muito mais simples no futuro”, concluiu o piloto da Ferrari.

 

LS - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.