Piloto da Semana: Stock Car em Cascavel – 20/07/2016

Rubens Barrichello

Rubens Barrichello

Nome: Rubens Gonçalves Barrichello. Nascimento: 23 de maio de 1972, em São Paulo (SP). Equipe: Medley-Full Time (Stock Car). Títulos: Cinco vezes Campeão Brasileiro de Kart; Campeão da Fórmula Opel (1990); Campeão da Fórmula 3 inglesa (1991); Campeão da Stock Car Brasil (2014); Campeão Sul-americano de Kart (2015).

A Stock Car finalizou em Cascavel, no Paraná, a sexta etapa da temporada 2016. E novamente o Autódromo paranense sorriu para Rubens Barrichello, que venceu a prova final. O piloto da Medley Full Time conseguiu ultrapassar o seu companheiro de equipe, Allam Khodair, somente na linha de chegada, finalizando à apenas 0s061, menos de um décimo de segundo. Foi uma das chegadas mais apertadas da história da Stock Car.

“Não consegui saber se tinha vencido ou não, de tão perto que foi. Só tive a confirmação pelo rádio, e, então, pude comemorar. O Allam (Khodair) fez uma excelente corrida e merecia vencer, mas acabou o seu combustível e consegui ultrapassa-lo por pouco. Fiquei extremamente feliz que voltamos a ser competitivo durante todo o final de semana, e, mais ainda, de sairmos de Cascavel novamente com uma vitória”, comentou Barrichello, que já tinha vencido em Cascavel em 2014.

A Stock Car faz uma longa parada devido aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, e só retorna no dia 11 de Setembro, com a principal prova do ano, a Corrida do Milhão, em Interlagos, SP. Com a vitória, Rubens está somente 34 pontos atrás do líder Felipe Fraga.

Após um desempenho bem sucedido nas categorias de base do automobilismo, Rubens Barrichello estreou na Fórmula 1 em 1993, pela Jordan. Com algumas boas atuações e um desempenho soberbo na chuva de Donington Park, em sua terceira prova na categoria, além da pole position na Bélgica em 1994, Rubens Barrichello mudou de casa em 1997, aceitando o desafio de guiar por uma equipe estreante: a Stewart. Três anos depois, o maior desafio: ser parceiro de Michael Schumacher na Ferrari, feito escudado por um belo ano de 1999, com pódios regulares e pole position na França.

No ano 2000, um bom desempenho acabou premiando Rubinho com uma fantástica vitória histórica no GP da Alemanha. Em 2002 e 2004 foi vice-campeão, e ganhou um total de nove provas pela Ferrari. Em 2006, o brasileiro estreou na Honda, tendo um primeiro ano de aprendizado, um segundo penando com um carro ruim e um terceiro melhor, com um pódio na Inglaterra. Barrichello, dado como aposentado, renasceu em 2009 com a Brawn GP, vencendo duas provas e brigando pelo título até a penúltima etapa.

Encerrou na F1 após mais duas temporadas na Williams. Foi para a Fórmula Indy em 2012, tendo um quarto lugar como melhor resultado. Desde o final daquele ano está na Stock Car, onde vem evoluindo gradualmente. Em 2013 obteve um segundo lugar na etapa de Salvador, e no ano seguinte já foi campeão da categoria de forma incontestável, inclusive com vitória na Corrida do Milhão e mais outra em Cascavel. Foi quarto colocado em 2015, e neste ano já se coloca de novo na briga com mais uma vitória. Por isso, ele é o Piloto da Semana do Autoracing.

Rubens Barrichello (Stock Car) obteve a vitória entre os internautas com 30% dos votos. Marc Márquez (Moto GP) ficou na segunda posição com 27% dos votos.

Texto: Eduardo Behling

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.