Piloto da Semana: 14/06/2017

Hamilton iguala poles de Senna - Canadá 2017

Hamilton iguala poles de Senna – Canadá 2017

Nome: Lewis Hamilton. Nascimento: 7 de janeiro de 1985, em Stevenage (Inglaterra). Equipe: Mercedes GP (Fórmula 1). Títulos: Multicampeão no Kart (entre 1996 e 2000); Campeão britânico de Fórmula Renault (2003); Campeão europeu de Fórmula 3 (2005); Campeão da GP2 (2006); Três vezes campeão da F1 (2008, 2014 e 2015).

Lewis Hamilton foi soberano na sétima etapa da Fórmula 1 em 2017. O inglês liderou todas as 70 voltas do GP do Canadá, obtendo sua terceira vitória na temporada e sexta no Circuito Gilles Villeneuve.

Agora, o piloto da Mercedes reduziu de 25 para 12 pontos sua desvantagem na luta pelo título mundial. Seu rival Sebastian Vettel, da Ferrari, chegou em quarto após fazer uma corrida de recuperação.

Valtteri Bottas completou a dobradinha da Mercedes, também de forma tranquila. Ele e o terceiro colocado, Daniel Ricciardo (Red Bull), foram os únicos da frente a trocar os pneus ultramacios pelos macios em suas únicas paradas nos boxes: os demais calçaram compostos supermacios. Os três primeiros pararam respectivamente na 32ª, 24ª e 19ª volta.

A prova teve duas interrupções. Logo na primeira volta, Carlos Sainz (Toro Rosso) rodou após tocar com Romain Grosjean (Haas): ele acabou atingindo a Williams de Felipe Massa, provocando o duplo abandono.

Pouco mais tarde, na 11ª volta, o Virtual Safety Car foi acionado para retirar da pista a Red Bull de Max Verstappen. O holandês havia feito uma ótima largada e vinha em segundo, atrás de Hamilton, até ter problemas mecânicos.

Verstappen havia “arrancado” a asa dianteira de Vettel, que precisou antecipar seu pit stop para a sexta volta. Ele chegou a cair para 15º e fez uma segunda parada na 50ª volta.

Novamente com pneus ultramacios, o alemão ganhou a sétima posição de Raikkonen, que também fez duas paradas, após o finlandês errar na última curva na 60ª volta. Depois, ele foi para cima das duas Force Indias: passou por Estaban Ocon (que fez sua parada na 32ª volta) na 66ª volta e por Sergio Perez restando duas.

Após seis anos e um título na McLaren, Lewis Hamilton decidiu mudar de ares e está na Mercedes desde 2013. Decisão que tem se mostrado acertada: obteve quatro pole positions e uma vitória (no GP da Hungria) em seu primeiro ano, e já no segundo foi campeão ao obter sete poles e 11 vitórias nas 17 etapas iniciais: Malásia, Bahrain, China, Espanha, Inglaterra, Itália, Cingapura, Japão, Rússia, Estados Unidos e Abu Dhabi.

Em 2015, o domínio foi ainda maior. Em 19 etapas, foram 11 poles e dez vitórias (Austrália, China, Bahrain, Canadá, Inglaterra, Bélgica, Itália, Japão, Rússia e Estados Unidos). O tri foi confirmado com três provas de antecipação. O ano de 2016 começou mal, melhorou, voltou a ficar em baixa e terminou em alta: vice-campeão com 12 poles e 10 vitórias: Mônaco, Canadá, Áustria, Inglaterra, Hungria, Alemanha, Estados Unidos, México, Brasil e Abu Dhabi. Neste ano, o duelo promete ser roda a roda com a Ferrari, e são três vitórias e quatro poles em sete provas (China, Espanha e Canadá), igualando-se no total ao ídolo Ayrton Senna Por isso, ele é o Piloto da Semana do Autoracing!

Lewis Hamilton (F1) obteve a vitória entre os internautas com 35% dos votos. Andrea Dovizioso (MotoGP) ficou na segunda posição com 21% dos votos.

Texto: Eduardo Behling – www.autoracing.com.br

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.