GT Open – Rafael Suzuki faz corrida de recuperação e termina no TOP10 em Portimão

Bhai Tech

O pódio ficou perto para Rafael Suzuki e Giorgio Pantano neste domingo (5), no GT Open Europeu. Na corrida complementar da etapa de Portimão, segunda do campeonato, a dupla ítalo-brasileira fez uma forte corrida de recuperação, saindo da 15ª posição para terminar as 28 voltas em 6º lugar. Com ritmo constante e estratégia acertada, os pilotos tiveram um problema no pit stop e por perderem 10 segundos a mais que os 70 segundos mínimos para a parada total, não puderam brigar por um lugar entre os três primeiros.

Largando em 15º, Rafael começou a corrida e conseguiu fugir dos acidentes e avançar duas posições na largada. O paulista ainda fez mais duas ultrapassagens em seu stint e manteve-se próximo do pelotão intermediário, gerenciando o desgaste dos pneus no circuito português, que tinha altas temperaturas na prova realizada ao meio-dia, horário local. Assim que a janela de pit stops foi aberta, aos 20 minutos de corrida, a equipe Bhai Tech decidiu fazer a troca de pilotos e Giorgio Pantano assumiu o volante do McLaren MP4-12C. Com pista livre, enquanto a maioria dos adversários fazia suas paradas, e pneus mais estáveis, o italiano conseguiu subir para a 6ª posição na categoria GTS, para carros de configuração GT3, e 11ª no geral – já que correm no mesmo grid da categoria Super GT, para carros GT2.

No dia anterior, Pantano fez a primeira tomada de tempos e começou a corrida no 19º posto do grid. Com a entrada do safety car por duas vezes no início da prova, o italiano entregou o carro em 10º para Suzuki, que com boa performance do carro, ultrapassou mais alguns adversários e cruzou a linha de chegada na 7ª posição.

A próxima etapa do GT Open está marcada para os dias 1 e 2 de junho em Nurburgring, na Alemanha, pista que o brasileiro conhece bem por ter disputado a Formula 3 Alemã por duas temporadas.

Rafael Suzuki:

“Considerando onde largamos estou feliz com os resultados, pois além de termos conseguido um bom ritmo, nós adquirimos muitas novas informações neste fim de semana para evoluirmos nos próximos. Foi praticamente uma nova estreia, já que abandonamos uma e não corremos a outra na França devido ao acidente. Saio de Portugal com boa perspectiva para a próxima etapa, sabemos onde temos que melhorar”

Resultado da corrida 1 – categoria GTS (10 primeiros):

1) Carlos Viera – Cesar Campaniço (Audi R8)
2) Alessandro Pier Guidi – Aleksej Basov (Ferrari 458 GT3)
3) Miguel Toril – Jan Seyffarth (Mercedes SLS)
4) Isaac Tutumlu – Dimitris Deverikos (Porsche 997 R)
5) Stefano Costantini – Álvaro Barba (Ferrari 458 GT3)
6) Pol Rosell – Roman Mavlanov (Ferrari 458 GT3)
7) Rafael Suzuki – Giorgio Pantano (McLaren MP4-12C)
8) Lorenzo Bontempelli – Nicola De Marco (Ferrari 458 GT3)
9) Marco Zanuttini – Stefano Gattuso (Ferrari 458 GT3)
10) Chris Van Der Drift – Luiz Razia (McLaren MP4-12C)

Resultado da corrida 2 – categoria GTS (10 primeiros):

1) Pol Rosell – Roman Mavlanov (Ferrari 458 GT3)
2) Matteo Beretta – Michael Lyons (Ferrari 458 GT3)
3) Isaac Tutumlu – Dimitris Deverikos (Porsche 997 R)
4) Chris Van Der Drift – Luiz Razia (McLaren MP4-12C)
5) Lorenzo Bontempelli – Nicola De Marco (Ferrari 458 GT3)
6) Rafael Suzuki – Giorgio Pantano (McLaren MP4-12C)
7) Stefano Costantini – Álvaro Barba (Ferrari 458 GT3)
8) Viacheslav Maleev – Kirill Ladygin (Ferrari 458 GT3)
9) Miguel Toril – Jan Seyffarth (Mercedes SLS)
10) Johnny Laursen – Daniel Zampieri (Ferrari 458 GT3)

Tags
, , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.