F1 – Red Bull: Verstappen confirma que Gasly “ajudou” em seu acidente

Max Verstappen

Max Verstappen confirmou que o ar sujo expelido pelo carro do companheiro de equipe Red Bull, Pierre Gasly, teve um papel importante na sua passagem pelo “Muro dos Campeões” no segundo treino do GP do Canadá. Verstappen teve a sorte de não sofrer grandes danos quando bateu na parede na curva final.

Verstappen viu a sua volta de simulação de classificação ruir como resultado do incidente. Aproximando-se da curva final, a entrada de Verstappen ficou comprometida por Gasly ter entrado lentamente na chicane, e o holandês confirmou que houve alguma confusão ao descer a longa reta.

“Tinha o Pierre à minha frente e acho que lhe disseram para acelerar, mas não sei exatamente o que aconteceu”, disse Verstappen. “Cheguei à chicane, com saída de frente, e, basicamente, na esteira do carro dele, fui até a parede”.

“É uma pena. Perdemos um pouco de corrida por causa disso, mas quando estávamos correndo eu acho que estávamos muito bem. Não é perfeito, mas ainda temos algum trabalho a fazer”, completou ele.

Talvez tentando se exonerar, Gasly disse que estava apenas no caminho do Verstappen, já que a equipe tinha sido lenta para informá-lo de que ele estava se aproximando rapidamente.

“Disseram-me muito tarde quando estava preparando a minha volta atrás de Romain (Grosjean)”, afirmou ele. “Quando me avisaram comecei a empurrar, ele estava cinco segundos atrasado”.

“Disseram-me que ele bateu na parede, mas não vi exatamente o que aconteceu. Estava tentando preparar a minha volta, mas tenho a certeza que vamos ver e falar sobre isso”, concluiu Gasly.

EB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.