F1 – Jules Bianchi pede à Marussia para ser agressiva

Jules Bianchi

Jules Bianchi acredita que a Marussia deva ser agressiva na segunda metade da temporada para ficar entre os 10 primeiros no campeonato de construtores.

O nono lugar do francês no GP de Mônaco trouxe à ascendente equipe os seus primeiros pontos desde que entrou na F1 como Virgin em 2010.

Se a Marussia puder manter a Sauber e Caterham para trás e garantir um lugar no top 10 pela segunda temporada consecutiva, terá um retorno financeiro significativo de cerca de 30 milhões de dólares.

“A melhor maneira de defender é atacar e nós sempre temos que atacar”, disse Bianchi ao site Autosport.

Bianchi admitiu que ficou um pouco frustrado da Marussia ter sido menos competitiva nas últimas corridas depois estar bem no início da temporada.

Em Mônaco e no Canadá, o carro ficou perto de chegar ao Q2 por mérito próprio, mas não foi tão forte desde então, apesar de Bianchi capitalizar com os problemas de Pastor Maldonado e Lewis Hamilton e um erro de estratégia da Ferrari para passar do Q1 no GP da Hungria.

“O resultado em Mônaco foi extraordinariamente importante para esta temporada, mas eu sabia que isso não queria dizer que estaria lutando regularmente por pontos”.

“Nós não somos capazes de fazer isso a menos que tenhamos um estranho conjunto de circunstâncias ocorrendo, mas aproveitamos a oportunidade quando apareceu”.

IB - www.autoracing.com.br

Tags
, , , , , , , , , , ,

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que faltem com respeito ao usuário não serão aprovados pelo moderador.